Estratégias de combate ao Aedes aegypti: conscientização no ambiente escolar.

  • Maria Carolina de Souza Moreira Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Bruna Ciuffa Maria Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Adriely Paula Pereira Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Eduarda Camargo Sansão
  • José Eduardo Zaia Universidade do Estado de Minas Gerais

Resumo

Atividades de educação não formal trazem novas perspectivas relacionadas à temática da dengue e demais doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. A mobilização de diversas camadas sociais torna-se indispensável para minimizar o impacto causado pelo vetor em áreas de maior concentração de casos, portanto a escola se firma como a porta de entrada da conscientização, envolvendo alunos, funcionários, pais e toda a comunidade. O objetivo das atividades desenvolvidas foi abordar de maneira não formal toda a comunidade escolar, promovendo a conscientização acerca de medidas individuais de combate ao vetor. As escolas contempladas se localizam nos bairros de maior incidência de dengue no município de Passos – MG. Cerca de 600 crianças do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e mais de 70 professores e funcionários participaram das atividades propostas, possibilitando a formação de uma rede de proteção baseada no conhecimento sobre as doenças e formas de prevenção.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-17
Como Citar
de Souza Moreira, M. C., Maria, B. C., Pereira, A. P., Sansão, E. C., & Zaia, J. E. (2019). Estratégias de combate ao Aedes aegypti: conscientização no ambiente escolar. Revista ELO – Diálogos Em Extensão, 8(2). https://doi.org/10.21284/elo.v8i2.1318
Seção
Artigos