Associação Brasileira de Economistas Domésticos - ABED: Quatro Décadas, Múltiplos Desafios

  • Rozilene Coutinho Oliveira Associação Brasileira de Economistas Domésticos-ABED, gestão 2009-2011
  • Maria de Fatima Massena de Melo Professora do Departamento de Ciências Domésticas/UFRPE/Brasil

Resumo

Este artigo teve por finalidade trazer à tona a história da Associação Brasileira de Economistas Domésticos – ABED, através de levantamento bibliográfico em artigos publicados na revista Oikos, além de apresentar os múltiplos desafios enquanto representação de classe nos últimos 40 anos. Vários são os motivos que justificam a resistência desta instituição, e diversos são os obstáculos que têm limitado a efetiva participação de profissionais em continuar o legado que outrora fora deixado como herança pelas profissionais que no passado lutaram para que hoje tivéssemos: Lei que regulamenta a profissão, uma Associação, Conselhos Federal e Regionais, uma Revista Científica e visibilidade enquanto profissional. Se no passado a categoria conseguiu conquistas relevantes para a profissão, atualmente o desconhecimento da nova geração de profissionais, quanto à importância e significado de uma representação de classe para a categoria profissional, tem-se apresentado como desafio a ser superado.

Palavras-chave: Categoria Profissional. Participação. Representação de Classe.

 

ABSTRACT

This article aims to tease out the history of the Brazilian Association of Home Economists – ABED through a literature review reported in the journal Oikos, besides presenting the multiple challenges while class representation in the last forty years. There are several reasons justifying the strength of this institution and many are the obstacles that have limited the effective participation of professionals in continuing the legacy that once were left as inheritance by professionals who fought in the past so that today we have the Law which regulates the profession, a Association, Federal and Regional Council, a scientific journal and visibility as a professional. If the category in the past managed achievements relevant to the profession, currently the lack of new generation of professionals on the importance and significance of a class representation for the occupational category has emerged as a challenge to be overcome.

 

Keywords: Professional Category. Participation. Representation of Class.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rozilene Coutinho Oliveira, Associação Brasileira de Economistas Domésticos-ABED, gestão 2009-2011
Economista Doméstico, formada pela UFRPE/Brasil, e estudante de Especialização em Gestão Pública Municipal/UFPB/Brasil, e de Especialização em Educação, Direitos Humanos e Diversidade pela UFAL/Brasil. Presidenta da ABED (gestão 2009-2011)
Maria de Fatima Massena de Melo, Professora do Departamento de Ciências Domésticas/UFRPE/Brasil
Economista Doméstico, mestra em Administração e Comunicação Rural e doutoranda em Serviço Social  na Universidade Federal de Pernambuco e professora do Departamento de Ciências Domésticas dessa mesma Universidade, Recife, PE, Brasil

Referências

GUIMARÃES, E. M. V. Vinte anos da Revista Brasileira de Economia Doméstica – OIKOS (1981-2011). Revista Brasileira de Economia Doméstica – OIKOS, Viçosa, v. 13, n. 1, 2001.

MARQUES, N. A. C. Faculdade de Ciências Domésticas e Educação Rural Teresa D’Ávila – Lorena-SP. Revista Brasileira de Economia Doméstica –OIKOS, Viçosa, v. 5, n. 1, 1987.

SIMONINI, M. L. Retrospectiva dos 20 anos da Associação Brasileira de Economistas Domésticos (ABED) Caminhos Percorridos pela Profissão. Revista Brasileira de Economia Doméstica – OIKOS, Viçosa, v. 7, n.1, 1991.

LEITE JR., A. D. Desenvolvimento e mudanças no Estado brasileiro. Módulo Básico Especialização em Gestão Pública Municipal. Brasília: Departamento de Ciências da Administração/UFSC/UAB:CAPES, 2009. 90 p.

RAMOS, L. de F. Assistência Técnica e Extensão Rural: construindo o conhecimento agroecologicos-desenvolvimentos, uma perspectiva plural. Manaus: Bagaço, 2006.

SALLES, H. da M. Gestão democrática e participativa. Módulo Básico Especialização em Gestão Pública Municipal. Brasília: Departamento de Ciências da Administração/UFSC/UAB:CAPES, 2010. 110 p.

VITA, A. de. Sociologia da sociedade brasileira. 7. ed. São Paulo: Ática, 1988.

DEMO, P. Participação é conquista: noções de política social participativa. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1996.

________. Pobreza política: polêmicas do nosso tempo. 5. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 1996.

BORDENAVE, J. D. O que é participação. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 1998.

BRUM, J. A. O desenvolvimento econômico brasileiro. 23. ed. Unjuí, RS, 2003.
Publicado
2011-06-29
Como Citar
Oliveira, R. C., & Melo, M. de F. M. de. (2011). Associação Brasileira de Economistas Domésticos - ABED: Quatro Décadas, Múltiplos Desafios. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 22(1), 257-266. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3603
Seção
Editorial