Edições anteriores

  • DIREITOS HUMANOS, CIDADANIA E DEMOCRACIA
    v. 31 n. 2 (2020)

    O dossiê “Direitos Humanos, Cidadania e Democracia” reune trabalhos dedicados a compreender os direitos humanos em seus aspectos históricos, econômicos, políticos, jurídicos, sociológicos e culturais, articulados às temáticas gênero, classe, raça, geração e regionalidade. Em consonância com a natureza multidisciplinar da garantia de dignidade a todos os seres humanos, os artigos abordam as diferentes perspectivas teóricas e metodológicas que avançam nas discussões relacionadas ao direito à vida, à igualdade, à segurança, à saúde, à educação, à propriedade, ao trabalho e à liberdade de expressão e de religião.

  • DOSSIÊ: A VIOLÊNCIA EM SEUS MÚLTIPLOS ASPECTOS
    v. 31 n. 1 (2020)

    O dossiê “A violência em seus múltiplos aspectos” reune trabalhos dedicados a compreender as causas da violência e suas implicações nos diferentes indivíduos e grupos ao qual ela é direcionada. Enfoca a violência em articulação com os aspectos jurídicos, culturais, históricos e políticos. Em consonância com a natureza multidisciplinar do fenômeno da violência, os artigos contemplam diversas perspectivas teóricas e metodológicas que buscam avançar nas discussões relacionadas a essa temática.

  • OIKOS: FAMÍLIA E SOCIEDADE EM DEBATE
    v. 30 n. 2 (2019)

    O segundo número do ano de 2019 da revista OIKOS: Família e Sociedade em Debate apresenta oito artigos dentro da seção variata e agrupa textos que tematizam a família e sua interface com as políticas públicas educacionais e ambientais, com o trabalho e com o envelhecimento. 

  • DOSSIÊ: CONSUMO E TRABALHO EM PERSPECTIVA
    v. 30 n. 1 (2019)

    O dossiê "Consumo e Trabalho em Perspectiva" reúne trabalhos dedicados à compreensão da natureza do consumo e do trabalho e suas implicações nas esferas: social, cultural, econômica, política e tecnológica. Em consonância com a natureza multidisciplinar do fenômeno e do campo de estudos do consumo e do trabalho, foram agrupadas contribuições das diversas perspectivas teóricas e metodológicas que buscam avançar as discussões relacionadas a esse campo do conhecimento que estão interligados, pois, na sociedade capitalista, consome-se para trabalhar e trabalha-se para consumir.

  • DOSSIÊ: POLÍTICAS SOCIAIS, ESTADO E SOCIEDADE
    v. 29 n. 2 (2018)

    O dossiê “Políticas Sociais, Estado e Sociedade” contempla investigações que articulam aspectos teóricos-metodológicos com a dinâmica dos sujeitos (idosos, jovens, mulheres, pessoas refugiadas e de comunidades pacificadas). Os artigos tematizam Estado, cidadania, direitos e políticas públicas, em articulação com trabalho, mercado, empreendedorismo e territorialidade, em uma dinâmica que envolve a acumulação capitalista e o protagonismo social.

  • DOSSIÊ: FAMÍLIA E SUAS INTERFACES
    v. 29 n. 1 (2018)

    Para romper com a imagem naturalizada do senso comum da família universal e perfeita e do lar como lugar de refúgio e proteção, é necessário trabalhar com a categoria família como uma construção histórica que varia no tempo e no espaço e está em constante mudança, além de ver essa instituição como lugar de violação de direitos. Os artigos tematizam a participação da família na manutenção do ideal corporal hegemônico, a situação da pessoa idosa articulada com a violência e com a questão de gênero, a relação família e escola, bem como a articulação da família com o consumo de alimentos e com as políticas públicas.

  • OIKOS: FAMÍLIA E SOCIEDADE EM DEBATE
    v. 28 n. 2 (2017)

    Esta publicação traz debates que articulam políticas públicas, gênero e consumo. Discutem-se preconceitos de gênero em relação ao corpo envelhecido, por não corresponder ao modelo hegemônico de beleza juvenil e problematiza-se a construção social da maternidade como elemento natural da identidade feminina organizada por uma matriz patriarcal. No âmbito das políticas públicas, discutem-se ações de um serviço de acolhimento institucional para crianças e adolescentes, bem como ações governamentais direcionadas às mulheres. No campo do consumo, discute-se a relação entre moda religiosidade e militância, rotulagem de suplementos alimentares e informações nutricionais, além das barreiras postas no consumo de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e seus impactos no cotidiano familiar.

  • OIKOS
    v. 28 n. 1 (2017)

  • OIKOS
    v. 27 n. 2 (2016)

  • OIKOS
    v. 27 n. 1 (2016)

  • OIKOS
    v. 26 n. 1 (2015)

  • OIKOS
    v. 25 n. 1 (2014)

  • OIKOS
    v. 24 n. 2 (2013)

  • OIKOS
    v. 24 n. 1 (2013)

  • OIKOS
    v. 23 n. 2 (2012)

  • OIKOS
    v. 23 n. 1 (2012)

  • OIKOS
    v. 22 n. 2 (2011)

  • OIKOS
    v. 22 n. 1 (2011)