v. 29 n. 1 (2018): DOSSIÊ: FAMÍLIA E SUAS INTERFACES

Para romper com a imagem naturalizada do senso comum da família universal e perfeita e do lar como lugar de refúgio e proteção, é necessário trabalhar com a categoria família como uma construção histórica que varia no tempo e no espaço e está em constante mudança, além de ver essa instituição como lugar de violação de direitos. Os artigos tematizam a participação da família na manutenção do ideal corporal hegemônico, a situação da pessoa idosa articulada com a violência e com a questão de gênero, a relação família e escola, bem como a articulação da família com o consumo de alimentos e com as políticas públicas.

Publicado: 2018-10-03

Editorial

Dossiê Temático