Família e suas Interfaces

  • Maria de Lourdes Mattos Barreto Universidade Federal de Viçosa (UFV)
Palavras-chave: Família, Sociedade, Interfaces,

Resumo

Estudar “Família” exige conhecimento de diferentes ciências, indagações que perpassam por aspectos complexos, relacionados tanto com as questões inter como com as intrafamiliares. Afinal, a família é uma instituição múltipla, construída socialmente, que possui interfaces com a Sociedade, o Estado e as Políticas Públicas.

Afinal, de que “família” estamos falando? Em qual sociedade? As discussões passam   por dois grandes paradigmas: A família é natureza ou cultura? A família não é só natureza ou só cultura.

Para romper com a imagem de família naturalizada e sociedade única, faz-se necessário ir além do senso comum e trabalhar com a categoria família, que não é um espaço naturalmente protetivo e universal, com modelos e padrões definidos. Desnaturalizar “família” e “sociedade” exige análise da história social da família e suas inter-relações no tempo e no espaço.

Também não podemos considerar que haja um conceito fixo de família, o que impele reconhecer as mudanças ocorridas na família e na sociedade, se apoiando em critérios definidos sem julgamentos e sim usando lentes apropriadas de forma a possibilitar que esse “objeto” de estudo comporte diferentes abordagens, definidas por um pesquisador atento e cuidadoso, que fomente um espaço de atenção para com a família e a realidade social.

Exatamente pela diversidade de critérios, sendo atualmente reconhecido como a base de definição de família pelas suas relações de afetividade, que o termo “Família” tem sido utilizado para tratar essa instituição. Afinal, não há modelo “certo”, “apropriado” e “verdadeiro” de família, pois, por ser uma construção social, é factível de mudanças, de modo a abarcar um conjunto de diferentes singularidades que caracterizam essa instituição social. Ou seja, ela é o que desejamos que ela seja; o que construímos por meio de diferentes necessidades de organização para oferecer suporte aos indivíduos, cumprindo sua função social.

Esta coletânea reúne diferentes pesquisadores que contribuíram com suas pesquisas para compreender universos diferentes, objetivando apresentar interfaces de um campo complexo e múltiplo de relações entre família e sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Lourdes Mattos Barreto, Universidade Federal de Viçosa (UFV)
Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Professora Titular do Departamento de Economia Doméstica da Universidade Federal de Viçosa.
Publicado
2018-10-03
Como Citar
Barreto, M. de L. M. (2018). Família e suas Interfaces. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 29(1), 1-4. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3805