Letramento e alfabetização na educação infantil: concepções e práticas pedagógicas de educadoras do pré-escolar de Ouro Preto - MG

Autores

  • Letícia Aparecida de Oliveira Silva
  • Renata Rodrigues

Resumo

As exigências atuais de alfabetização reivindicam a formação de sujeitos que saibam,além de ler e escrever, fazer uso competente dessas habilidades de acordo com asdemandas sociais. Logo, este artigo, resultado do trabalho de conclusão do Curso deEspecialização em Práticas de Letramento e Alfabetização, discute essas práticasapresentadas por educadoras do pré-escolar da cidade de Ouro Preto, MG. Buscou-seconhecer a concepção das referidas educadoras acerca da alfabetização e do letramento,além de analisar suas considerações em relação às próprias práticas, visando favorecero desenvolvimento desses processos. Valendo-se das pesquisas bibliográfica edescritiva, foram levantados os dados pertinentes por meio de entrevistasemiestruturada gravada. Entrevistaram-se quatro educadoras que lecionavam na préescolade duas instituições de ensino da cidade. As análises evidenciaram que, em suaspráticas, essas educadoras trabalhavam a alfabetização de modo sistemático eintencional, enquanto o letramento era favorecido tanto de maneira intencional quantonão intencional.Palavras-chave: Educação infantil. Alfabetização. Letramento.

Palavras-chave: Educação infantil. Alfabetização. Letramento.

 

ABSTRACT

The present  demands on  alphabetization  have asked the formation of individuals who, beyond reading and writing , use these skills according to the  social necessities.  Then, this paper, fruit of one conclusion course requisite on specialization  on practices of  alphabetization and literacy , have discussed  these presented practices by teachers from  pre-school phases  in the town of Ouro Preto-MG.  It was proposed knowing  the conception  of the referred teachers about the alphabetization and the literacy  as well as their considerations about their proper practices targeting  the   improving the development of these processes.  Using descriptive and bibliographical researches , the pertinent data  were raised through one semi-structured and recorded interview.  Four teachers who work in two pre-school institutions   of this town were  interviewed .  The analyses have evidenced that , in their practices, they work the alphabetization  systematically and intentionally,  the literacy  is supported   both intentionally and non-intentionally.

Keywords: Children education. Alphabetization. Literacy.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Rodrigues

Mestre em Letras pela Universidade Federal de São João Del Rei, Especialista em Linguística Aplicada e Literatura Comparada, graduada em Letras pela Universidade Federal de Viçosa e profª. do Colégio de Aplicação (COLUNI) da UFV.

Referências

ABRAMOVAY, Miriam; KRAMER, Sônia. Alfabetização na pré-escola: exigência ou
necessidade? Caderno de Pesquisa, São Paulo, 1985. Disponível em:
<www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/cp/arquivos/680.pdf>. Acesso em: 24 out. 2009.

______. O rei está nu: um debate sobre as funções da pré-escola. Cadernos Cedes, São
Paulo, n. 9, p. 27-38, 1987.

BRASIL. Presidência da República. Lei n°. 11.114, de maio de 2005. Altera os arts. 6o,
30, 32 e 87 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, com o objetivo de tornar
obrigatório o início do ensino fundamental aos seis anos de idade. Brasília, 16 de maio
de 2005. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-
2006/2005/Lei/L11114.htm>. Acesso em: 23 set. 2009.

CURY, Carlos R. J. Lei de diretrizes e bases da educação. Rio de Janeiro: DP&A,
2002.

FERREIRA, José L.; CARVALHO, Maria E. P. de. Gênero, masculinidade e
magistério: horizontes de pesquisa. Olhar de professor, Ponta Grossa, v. 9,
n. 1, p. 143-157, 2006. Disponível em: <http://redalyc.uaemex.mx /redalyc/pdf/
684/68490111.pdf>. Acesso em: 24 nov. 2010.

FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. A compreensão do sistema de escrita:
construções originais da criança e informação específica dos adultos. In: FERREIRO,
Emília. Reflexões sobre alfabetização. 24. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

FILHO, Altino J. M. Alfabetização e educação infantil. Pátio educação Infantil. Rio
Grande do Sul, v. 7, n. 20, s/p, jul./out. 2009. Disponível em:
<http://www.revistapatio.com.br/conteudoexclusivo_conteudo.aspx?id=23>. Acesso
em: 19 set. 2009.

KLEIMAN, Ângela B. (Org.). Os significados do letramento: uma nova perspectiva
sobre a prática social da escrita. São Paulo: Mercado de Letras, 1995.

MANZINI, Eduardo J. Entrevista semiestruturada: análise de objetivos e roteiros.
2004. Disponível em: <http:// www.sepq.org.br /IIsipeq/anais/pdf/gt3/ 04.pdf>. Acesso
em: 20 set. 2009.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. Belo Horizonte:
Autêntica, 2004.

______. Alfabetização e letramento na educação infantil. Pátio Educação Infantil, Rio
Grande do Sul, v. 7, n. 20, p. 6-9, jul./out. 2009.

SOUZA, Regina A. M. de. Letramento na educação infantil: quem tem medo do lobo
mal. Inter-Ação: Rev. Fac. Educ. UFG, Goiás, n. 33, p. 265-279, jul./dez. 2008.
Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/ interacao/article/
w/ 5267/4670>. Acesso em: 26 out. 2009.

Downloads

Publicado

2011-09-28

Como Citar

Silva, L. A. de O., & Rodrigues, R. (2011). Letramento e alfabetização na educação infantil: concepções e práticas pedagógicas de educadoras do pré-escolar de Ouro Preto - MG. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 22(1), 25-45. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3613

Edição

Seção

Artigos