ESTUDOS CLIMÁTICOS DO NÚMERO DE DIAS DE PRECIPITAÇÃO PLUVIAL PARA O MUNICÍPIO DE SERRA TALHADA-PE

Alexandre Maniçoba da Rosa Ferraz Jardim, Maria Gabriela de Queiroz, George do Nascimento Araújo Júnior, Marcelo José da Silva, Thieres George Freire da Silva

Resumo


A precipitação pluviométrica é a principal forma de entrada de água em um sistema natural, participando do ciclo hidrológico global. Eventos extremos, como secas severas, são responsáveis por diversos prejuízos ocasionados à humanidade e ao meio ambiente. Diversos estudos têm sido conduzidos buscando analisar os efeitos e as consequências das variações da precipitação nos diversos setores da sociedade. Este trabalho objetivou realizar uma análise de frequência relativa mensal do número de dias chuvosos (NDC) para o município de Serra Talhada, PE. Foram adquiridos dados pluviométricos da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), compreendendo uma série histórica de 98 anos (1912-2014), sendo excluídos anos com dados faltosos. A análise descritiva dos dados permitiu determinar o primeiro semestre anual como o mais chuvoso, tendo em média, para os meses de janeiro a junho, 40 dias chuvosos, equivalente a 22,10% dos dias do primeiro semestre e, no segundo semestre (julho a dezembro), há ocorrência de eventos chuvosos em apenas 6% dos dias. A análise de frequência relativa indicou que, durante o ano, há baixa ocorrência de dias chuvosos e que o número de dias com chuvas reflete as precipitações totais mensais para a região em estudo.


Palavras-chave


chuva, eventos extremos, irregularidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13083/reveng.v27i4.875

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 ENGENHARIA NA AGRICULTURA / Engineering in Agriculture