ALTERAÇÕES NOS NÍVEIS DE ANTIOXIDANTES EM POLPA DE MANGA

  • Danielle Fabíola Pereira da Silva Universidade Federal de Viçosa
  • Rosana Gonçalves Pires Matias Universidade Federal de Viçosa
  • José Osmar da Costa e Silva Universidade Federal de Viçosa
  • João Paulo Gava Cremasco Universidade Federal de Viçosa
  • Alejandro Hurtado Salazar Universidade Federal de Viçosa
  • Claudio Horst Bruckner Universidade Federal de Viçosa

Resumo

De acordo com o padrão respiratório, a manga é uma fruta climatérica e, por isso, amadurece e se deteriora rapidamente mesmo em ambiente refrigerado. Este trabalho teve como objetivo avaliar o método mais eficaz de congelamento e armazenamento para polpa de manga ‘Palmer’. Os métodos de congelamento
e armazenamento testados foram: freezer a -20±2°C (F), congelamento em nitrogênio líquido e armazenamento em freezer -20±2°C (CNF), ultra freezer a -80±2°C (UF) e com congelamento em nitrogênio líquido e armazenamento
em ultra freezer a -80±2°C (CNUF). As amostras foram acondicionadas em papel alumínio e avaliadas, quinzenalmente, por até 60 dias e depois, mensalmente, até 150 dias de armazenamento. Houve redução média de 5% no teor de sólidos solúveis e de 11% para o teor de acidez titulável para todos os tratamentos. A redução no teor de ácido ascórbico foi brusca para todos os tratamentos, com perdas de 81,1%; 75,1%; 77,3% e 75,5% para
polpa armazenada por 150 dias em CNF, CNUF, F e UF, respectivamente, evidenciando que nenhum dos métodos de congelamento utilizados é eficaz para preservar os teores de AA da polpa de manga ‘Palmer’. Os teores de carotenóides são preservados durante 150 dias de armazenamento utilizando tanto o método CNF quanto o CNUF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Fabíola Pereira da Silva, Universidade Federal de Viçosa
Engenheiro-Agrônomo, DS. DFT/UFV.
Rosana Gonçalves Pires Matias, Universidade Federal de Viçosa
Engenheira-Agrônoma, DS. DFT/UFV.
José Osmar da Costa e Silva, Universidade Federal de Viçosa
Engenheiro-Agrônomo, DS. DFT/UFV.
João Paulo Gava Cremasco, Universidade Federal de Viçosa

Engenheiro-Agrônomo - Mestrando do Departamento de Fitotecnia - Universidade Federal de Viçosa (DFT/UFV), Av. P.
H. Rolfs s/n, 36.570-000 - Viçosa-MG. 

Alejandro Hurtado Salazar, Universidade Federal de Viçosa

Engenheiro-Agrônomo - Doutorando do Departamento de Fitotecnia - Universidade Federal de Viçosa (DFT/UFV), Av.
P. H. Rolfs s/n, 36.570-000 - Viçosa-MG. 

Claudio Horst Bruckner, Universidade Federal de Viçosa
Engenheiro-Agrônomo, DS. DFT/UFV.  bruckner@ufv.br.

Referências

ALVES, J.A.; NASSUR, R.C.M.R.; PIRES, C.R.F. et al. Cinética de degradação de vitamina C em mangas ‘Palmer’ minimamente processadas armazenadas em diferentes temperaturas. Ciência e Agrotecnologia, v.34, p.714- 721, 2010.

BARREIROS, A.L.B.; DAVID, J.M.; DAVID, J.P. Estresse oxidativo: relação entre geração de espécies reativas e defesas do organismo.
Química Nova, v.29, p.113-123, 2006. BRASIL. Resolução RDC nº 360, de 23 de dezembro de 2003. Aprova Regulamento Técnico sobre Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados, tornando obrigatória a rotulagem nutricional. ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Diário Oficial da União, Brasília, 26 de dez. 2003.

BRASIL. Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Leis, Decretos, etc. Instrução Normativa Nº 12, de 4 de setembro de 2003. Regulamento técnico geral para fixação dos padrões de identidade e qualidade para polpa de frutas. Diário Oficial da União, Nº 6, Brasília, 10 de janeiro de 2003. Seção 1, p.54-58.

BRUNINI, M.A.; DURIGAN, J.F.; OLIVEIRA, A.L. Avaliação das alterações em polpa de manga ‘Tommy-Atkins’congeladas. Revista Brasileira de Fruticultura, v.24, p.651- 653, 2002.

COSTA, M.G.P.; FIGUEIREDO, F.J.; SILVA, Q.J. et al. Carotenóides totais e caracterização cromática de polpas de frutos de genótipos de cirigueleiras cultivadas no banco de germoplasma do IPA. In: Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão - JEPEX 2010 –UFRPE.Anais... Recife, Brasil, 2010. CD Rom.

DAIUTO, E.R.; VIEITES, R.L.; CARVALHO, L.R. et al. Avaliação sensorial do guacamole com adição de á-tocoferol e ácido ascórbico conservado pelo frio. Revista Ceres, v.58, p.140-148, 2011.

FARAONI, A.S., RAMOS, A.M.; STRINGHETA, P.R. et al. Efeito dos métodos de conservação, tipos de embalagem e tempo de estocagem na
coloração de polpa de manga ‘Ubá’ produzida em sistema orgânico. Revista Ceres, v.55, p.504-511, 2008.

FERNANDES, T.N. RESENDE, J.V.; CRUVINEL, R.S.R. et al. Relação entre o comportamento reológico e a dinâmica do congelamento e descongelamento de polpa de morango adicionada de sacarose e pectina. Ciência Tecnologia Alimentos, v.30, n.1, p.188-204, 2010.

GALLI, J.; PALHARINI, M.C.A.; FISCHER, I.H. et al. Produção e qualidade de frutos de diferentes cultivares de mangueira adubadas com boro.
Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.8, p.358-363, 2013.

HOJO, E.T.D.; DURIGAN, J.F.; HOJO, R.H. et al. Uso de tratamento hidrotérmico e ácido clorídrico na qualidade de lichia ‘Bengal’. Revista Brasileira de Fruticultura, v.33, p.386-393, 2011.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Métodos físicoquímicos para análise de alimentos. 4.ed./1.ed. digital. São Paulo: Instituto Adolfo
Lutz, 2008. 1020p.

LICHTENTHALER, H.K. Chlorophylls and carotenoids: Pigments of photosynthetic biomembranes. Methods in Enzymology,
v.148, p.349-382, 1987.

LIMA, R.B.T.; FIGUEIREDO, R.W.; MAIA, G.A. et al. Estabilidade química, físico-química e microbiológica de polpas de acerola pasteurizadas
e não pasteurizadas de cultivo orgânico. Ciência Rural, v.42, p.367-373, 2012.

OLIVEIRA, D.S.; AQUINO, P.P.; RIBEIRO, S.M.R. et al. Vitamina C, carotenoides, fenólicos totais e atividade antioxidante de goiaba, manga e mamão provenientes da Ceasa do Estado de Minas Gerais. Acta Scientiarum. Health Sciences, v.33, p.89-98, 2011.

RAIMUNDO, K.; MAGRI, R.S.; SIMIONATO, E.M.R.S. et al. Avaliação física e química da polpa de maracujá congelada comercializada na
região de Bauru. Revista Brasileira de Fruticultura, v.31, n.2, p.539-543, 2009.

SAEG. Sistema para análises estatísticas. Versão 9.1. Viçosa: Fundação
Arthur Bernardes, UFV, 2007. CD Rom.

SEGANTINI, D.M.; LEONEL, S.; LIMA, G.P.P. et al. Caracterização da polpa de pêssegos produzidos em São Manuel-SP. Ciência Rural, v.42, p.52-57, 2012.

SILVA, D.F.P.; SALOMÃO, L.C.C.; SIQUEIRA, D.L. et al. Amadurecimento de manga Ubá com etileno e carbureto de cálcio na pós-colheita. Ciência Rural, v.42, p.213-220, 2012.

SILVA, D.F.P.; SIQUEIRA, D.L.; PEREIRA, C.S. et al. Caracterização de frutos de 15 cultivares de mangueira na Zona da Mata mineira.
Revista Ceres, v.56, p.783-789, 2009.

TEIXEIRA, M.; MONTEIRO, M. Degradação da vitamina C em suco de fruta. Alimentos e Nutrição, v.17, n.2. p.219-227, 2006.

VIDAL, J.R.M.B. Comportamento da polpa de manga (Mangifera indica L. cv. Keitt) integral. Revista Ciências Exatas e Naturais, v.6, p.217-222, 2004.
Publicado
2014-12-30
Como Citar
da Silva, D. F. P., Matias, R. G. P., e Silva, J. O. da C., Cremasco, J. P. G., Salazar, A. H., & Bruckner, C. H. (2014). ALTERAÇÕES NOS NÍVEIS DE ANTIOXIDANTES EM POLPA DE MANGA. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 4(2). https://doi.org/10.21206/rbas.v4i2.255