FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DA MANGUEIRA 'UBÁ' EM CONSÓRCIO COM BRAQUIÁRIA E SOB ADUBAÇÃO MINERAL, ORGÂNICA E ORGANOMINERAL

Anália Lúcia Vieira Pacheco, Karina Schulz Borges, Gilberto Bernardo de Freitas, Gerival Vieira

Resumo


Devido ao clima apropriado ao cultivo da mangueira, a Zona da Mata mineira destaca-se pela produção de manga ‘Ubá’, contudo, a maior parte dos pomares é conduzida praticamente sem nenhum tipo de trato cultural, inclusive adubações e práticas de conservação do solo. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a fertilidade do solo e a nutrição da mangueira ‘Ubá’ após seis anos de cultivo com adubações mineral, orgânica e organomineral. Visando a proteção do solo e a ciclagem de nutrientes foi semeada Brachiaria brizantha nas entrelinhas do pomar, por ocasião do plantio das mangueiras. Utilizou-se cama de frango como adubo orgânico. O experimento iniciou em 2007, com quatro tratamentos: controle (apenas adubação de plantio), adubação mineral indicada para a cultura, adubação orgânica equivalente à adubação mineral e adubação organomineral (metade da dose da adubação mineral e metade da orgânica). Antes da implantação do pomar foi feita uma análise de solo da área experimental e ao término do experimento foram realizadas análises de solo e tecidos foliares. Adubações orgânicas proporcionaram maiores efeitos residuais de fósforo, potássio e magnésio no solo que adubações minerais e organominerais. O manejo da braquiária nas entrelinhas do pomar, através de roçadas periódicas, resultou em um aumento expressivo no teor de matéria orgânica do solo, além de propiciar a ciclagem de nutrientes. A adubação organomineral proporcionou uma nutrição mais equilibrada para as plantas.

Palavras-chave


Cama de frango. Cultivo de sequeiro. Macronutrientes. Mangifera indica L.. Brachiaria brhizanta.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v8i1.458

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317