INDICAÇÕES DE DATAS DE SEMEADURA PARA A SOJA E O MILHO SAFRINHA EM ANOS DE EL NIÑO E LA NIÑA CANÔNICOS NO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ, ESTADO DE SANTA CATARINA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21206/rbas.v10i1.9684

Palavras-chave:

ENOS, déficit hídrico, biomassa

Resumo

O El Niño Oscilação Sul é o fenômeno natural de maior impacto nas oscilações climáticas de escala interanual e têm sido associado a variações nos rendimentos agrícolas de várias regiões do mundo. O objetivo do estudo foi definir as melhores datas de semeadura para a soja e o milho safrinha durante eventos do El Niño (ENC) e La Niña Canônicos (LNC) em função da redução de produção de biomassa das culturas no município de Chapecó. Dados meteorológicos de 1982 a 2015 foram utilizados no software Aquacrop 6.1 para estimar a produção de biomassa da soja, de ciclo precoce e normal, em diferentes datas de semeadura de 1º de outubro (1º/10) a 1º de dezembro (1º/12). Para o milho, as simulações consideraram variedade de ciclo precoce e semeaduras feitas entre 1º de janeiro (1º/1) e 1º de fevereiro (1º/2), espaçadas em decêndios. Em ambas as culturas, a semeadura foi simulada para solos de textura média e argilosa. Independente do tipo de solo, em anos de ENC a data de semeadura mais indicada para a soja foi em 1º/10 (ciclo precoce) e 1º/12 (ciclo normal), enquanto que para o milho a que se mostrou mais vantajosa foi a do dia 10/1. Em anos de LNC, a data de semeadura da soja que apresentou resultado mais satisfatório, para ambos os ciclos e solos, foi a do dia 1º/12. Para o milho, também em anos de LNC, a data de semeadura mais indicada foi o dia 10/1.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-10-30

Como Citar

Anna Letícia Colpo, & Minuzzi, R. B. (2020). INDICAÇÕES DE DATAS DE SEMEADURA PARA A SOJA E O MILHO SAFRINHA EM ANOS DE EL NIÑO E LA NIÑA CANÔNICOS NO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ, ESTADO DE SANTA CATARINA. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 10(1), 219-227. https://doi.org/10.21206/rbas.v10i1.9684