RESISTÊNCIA DOS FRUTOS DE ABACATE SUBMETIDOS À COMPRESSÃO DURANTE O ARMAZENAMENTO - DOI: 10.13083/1414-3984/reveng.v23n2p119-127

  • Acácio Figueiredo Neto
  • Paulo da Silva Lima Junior
  • José Antunes Silva Neto
  • Anderson Leandro Nascimento
  • Nelson Cárdenas Olivier
Palavras-chave: qualidade, danos mecânicos, conservação

Resumo

Objetivou-se, neste trabalho, determinar os efeitos físicos e químicos do armazenamento do abacate em temperatura ambiente e refrigerado, bem como a resistência à compressão que os mesmos oferecem em diferentes estádios de maturação. Cada fruto foi pesado e aferido suas medidas para avaliação da qualidade e as análises físicas e químicas. As características cor da casca, acidez titulável e sólidos solúveis totais foram avaliadas durante doze dias de armazenamento, em abacates colhidos no mesmo estádio de maturação. Para a determinação da resistência dos frutos, os abacates foram avaliados pelo teste de compressão por duas placas circulares até o seu rompimento. Os resultados indicam que a perda de massa aumenta conforme o fruto vai amadurecendo, os sólidos solúveis totais aumentam até o terceiro dia de armazenamento e, devido ao maior amadurecimento dos abacates armazenados ao ambiente, o pH e a acidez são sempre maiores durante o armazenamento dos frutos em ambiente que naqueles abacates armazenados refrigerados. Com relação à cor, os abacates que foram armazenados em ambiente tiveram aumento em luminosidade, croma e redução de ângulo de cor, todos os valores foram maiores que os obtidos em abacates armazenados em refrigerador. Os frutos refrigerados tiveram um aumento da resistência à compressão de 25% maior em relação aos frutos em temperatura ambiente que tiveram sua força de ruptura reduzida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-04-30
Como Citar
Figueiredo Neto, A., Lima Junior, P. da S., Silva Neto, J. A., Nascimento, A. L., & Olivier, N. C. (2015). RESISTÊNCIA DOS FRUTOS DE ABACATE SUBMETIDOS À COMPRESSÃO DURANTE O ARMAZENAMENTO - DOI: 10.13083/1414-3984/reveng.v23n2p119-127. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 23(2), 119-127. https://doi.org/10.13083/reveng.v23i2.491
Seção
Armazenamento e Processamento de Produtos Agrícolas

Most read articles by the same author(s)