ESTIMADORES NEW1 E NEW2 NO ESTUDO DA DEPENDÊNCIA ESPACIAL DA PRODUTIVIDADE DA SOJA E ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO EM UMA ÁREA COMERCIAL

Autores

  • Aracéli Ciotti de Marins
  • Miguel Angel Uribe-Opazo
  • Jerry Adriani Johann

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v16i2.11

Palavras-chave:

Geoestatística, variáveis regionalizadas, agricultura de precisão

Resumo

A geoestatística tem como princípio conhecer a estrutura de dependência espacial de variáveis regionalizadas pela função semivariância, cujos estimadores podem ser: Clássico de Matheron, Cressie & Hawkins e o de Semivariância Relativa Pairwise. Li & Lake (1994) propuseram dois novos estimadores chamados New1 e New2, os quais, segundo os autores, são mais eficientes que os demais. Neste trabalho, os cinco estimadores citados foram comparados pela aplicação referente aos dados da resistência do solo à penetração, densidade do solo, umidade volumétrica e produtividade da soja, em uma área comercial de 47 ha, para determinar a estrutura de dependência espacial, construir mapas temáticos e ser utilizada na Agricultura de Precisão. Apenas os estimadores New1 e New2 detectaram estrutura de dependência espacial entre os pontos amostrais para as variáveis em estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-09-19

Como Citar

Marins, A. C. de, Uribe-Opazo, M. A., & Johann, J. A. (2008). ESTIMADORES NEW1 E NEW2 NO ESTUDO DA DEPENDÊNCIA ESPACIAL DA PRODUTIVIDADE DA SOJA E ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO EM UMA ÁREA COMERCIAL. Revista Engenharia Na Agricultura - Reveng, 16(2). https://doi.org/10.13083/reveng.v16i2.11

Edição

Seção

.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)