INFLUÊNCIA DA DIREÇÃO DA SEMEADURA E DA HORA DO DIA EM ÍNDICES DE VEGETAÇÃO

  • Grazieli Suszek
  • Eduardo Godoy de Souza
  • Miguel Angel Uribe-Opazo
  • Lúcia Helena Pereira Nóbrega
  • Márcia Regina Siqueira Konopazki
Palavras-chave: aplicação de fertilizantes, reflectância, sensoriamento remoto.

Resumo

A necessidade de nitrogênio (N) apresenta grande variabilidade espacial dentro de uma mesma área. A aplicação da real necessidade de N pode aumentar o rendimento, reduzir a aplicação desnecessária e o fluxo para os lençóis freáticos. A medida da reflectância espectral e conseqüente cálculo de índices de vegetação são considerados promissoras abordagens não destrutivas e sem contato para o sensoriamento instantâneo da deficiência de N em milho. Neste trabalho procurou-se estudar a influência da direção da semeadura e da hora do dia nos índices de vegetação no milho. As linhas de semeadura foram localizadas na direção Norte-Sul (NS) e Leste-Oeste (LO). O direcionamento da semeadura em relação à trajetória do sol influenciou os índices estudados: relação infravermelho próximo pelo vermelho - IVP/Verm, índice de vegetação da diferença normalizada - IVDN, índice de vegetação ajustado ao solo - SAVI , índice de vegetação ajustado ao solo aperfeiçoado – OSAVI, relação infravermelho próximo pelo verde - IVP/Verd, índice verde de vegetação da diferença normalizada - IVVDN. O IVVDN apresentou-se mais homogêneo e com menor coeficiente de variação, mostrando-se mais interessante na utilização da aplicação de N em tempo real e a taxas variáveis quando não for possível controlar a direção da semeadura. Caso contrário os índices SAVI e OSAVI são os mais indicados por apresentarem modelos com maior R2.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Suszek, G., Souza, E. G. de, Uribe-Opazo, M. A., Nóbrega, L. H. P., & Konopazki, M. R. S. (1). INFLUÊNCIA DA DIREÇÃO DA SEMEADURA E DA HORA DO DIA EM ÍNDICES DE VEGETAÇÃO. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 18(5), 405-412. https://doi.org/10.13083/reveng.v18i5.250
Seção
.

Most read articles by the same author(s)