EROSIVIDADE E PADRÕES HIDROLÓGICOS NO MUNICÍPIO DE SALGUEIRO, PERNAMBUCO

Autores

  • Antonio Gebson Pinheiro Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Thais Emanuelle Monteiro dos Santos Souza Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v26i3.839

Palavras-chave:

características das chuvas, energia cinética, USLE.

Resumo

As características das chuvas variam de forma específica entre regiões e meses do ano, e a compreensão da sua potencialidade em ocasionar erosão é indispensável para o planejamento de atividades agrícolas e projetos de engenharia, principalmente no semiárido brasileiro, onde ainda há ausência de estudos que detalhem o comportamento das precipitações. A energia cinética, ocasionada pelo impacto direto das gotas de chuva sobre a superfície do solo, proporciona a principal forma de erosão. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o índice de erosividade (EI30), estabelecer um valor para o fator “R” e caracterizar o padrão hidrológico das chuvas predominantes no município de Salgueiro, Pernambuco. Nas análises, sistematização e cálculo do índice de erosividade mensal e anual do município de Salgueiro foram adotados dados correspondentes ao período de 2007 a 2012. Concluiu-se que, em média, o primeiro semestre do ano proporcionou a ocorrência das chuvas de maiores potencias erosivos, o índice de Erosividade característico para o município de Salgueiro – PE foi de aproximadamente 3.430,6 MJ mm ha-1 h-1 e o padrão de chuva de maior reincidência é o avançado, seguido do intermediário e atrasado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-06-29

Como Citar

Pinheiro, A. G., & dos Santos Souza, T. E. M. (2018). EROSIVIDADE E PADRÕES HIDROLÓGICOS NO MUNICÍPIO DE SALGUEIRO, PERNAMBUCO. Engenharia Na Agricultura, 26(3), 250–257. https://doi.org/10.13083/reveng.v26i3.839

Edição

Seção

Recursos Hídricos e Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)