PRODUÇÃO VERTICAL DE MELOEIRO AMARELO (Cucumis melo L) COM DIFERENTES DENSIDADES EM CANTEIROS SUBTERRÂNEOS COBERTOS COM MULCHING PLÁSTICO

  • Manuel Antonio Navarro Vásquez Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
  • Janeísa Batista da Silva Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
  • Cristina Teixeira de Lima Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
  • Edilza Maria Felipe Vásquez Universidade Federal do Cariri. Crato - CE.
  • Francisco Rodinelly Rodrigues Sousa Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
Palavras-chave: armazenamento, capilaridade, cultivo vertical, saturação

Resumo

A produção de culturas em canteiros subterrâneos, aproveitando espaços aéreos associados à economia dos recursos hídricos, resulta em uma técnica que precisa ser aprimorada. Dessa forma, realizou-se este trabalho, objetivando o melhor desempenho de plantas de meloeiro, produzidas verticalmente em canteiros subterrâneos cobertos com mulching plástico, com diferentes densidades de plantio. Foram construídos 15 canteiros subterrâneos de 1,0 m de largura, 1,0 m de comprimento e 0,8 m de profundidade, cobertos com lona plástica de dupla face. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três repetições e os tratamentos foram cinco densidades de plantio (2, 3, 4, 5 e 6 pl m-2), tendo sido avaliados número de folhas, área foliar, número de frutos, produção e umidade do solo após colheita. Conclui-se que não houve diferença significativa para número de frutos e umidade do solo, já para número de folhas, área foliar e produção de frutos todos os tratamentos mostraram diferença significativa no nível de 5% de probabilidade, tendo o tratamento de menor densidade de plantio apresentado produtividade comercial de 31,888 t ha-1, assim como o melhor índice de produtividade da água, com 76,847 L por cada kg massa fresca de fruto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manuel Antonio Navarro Vásquez, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato. Cursos de Agropecuária e Zootecnia.
Janeísa Batista da Silva, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato. Cursos de Zootecnia.
Cristina Teixeira de Lima, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato. Cursos de Zootecnia.
Edilza Maria Felipe Vásquez, Universidade Federal do Cariri. Crato - CE.
Universidade Federal do Cariri. Crato - CE. Curso de Agronomia.
Francisco Rodinelly Rodrigues Sousa, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato.
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceara Campus Crato. Técnico de Campo.
Publicado
2019-07-25
Como Citar
Navarro Vásquez, M. A., Batista da Silva, J., Teixeira de Lima, C., Felipe Vásquez, E. M., & Rodrigues Sousa, F. R. (2019). PRODUÇÃO VERTICAL DE MELOEIRO AMARELO (Cucumis melo L) COM DIFERENTES DENSIDADES EM CANTEIROS SUBTERRÂNEOS COBERTOS COM MULCHING PLÁSTICO. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 27(4), 313-320. https://doi.org/10.13083/reveng.v27i4.869
Seção
Energia na Agricultura