Haitianismo e percepção da Revolução Haitiana na sociedade escravista brasileira do século XIX

Autores

  • Luís Fernando de Souza Lima
  • Fernanda Mendes Lourenço
  • Giovanna Saturnino Oliveira
  • Sofia França Vieira
  • Fabio Luiz Rigueira Simao CAp-Coluni UFV

DOI:

https://doi.org/10.47328/rpv.v11i02.14537

Palavras-chave:

Haitianismo, Brasil, Questões Sociorraciais.

Resumo

Neste trabalho, analisamos o impacto da Revolução Haitiana no Mundo Atlântico, especialmente no Brasil, debatendo com uma nova historiografia que, revisando os eventos, percebe o lado sociorracial do movimento e suas repercussões. Por meio de revisão historiográfica e da leitura de fontes trazidas pelos autores trabalhados, desenvolvemos uma revisão do tema, pensando a organização dos negros, as informações recebidas e difundidas por eles acerca de sua própria luta e o que ouviam sobre a Revolução Haitiana. Tudo isso é pensado no escopo do que se chamou à época haitianismo: a repercussão dos eventos do Haiti em outras partes da América escravista. Realizamos leitura e fichamento das obras e análise dos jornais O Correio Braziliense e a Gazeta do Rio de Janeiro, focando na repressão desenvolvida por parte das elites brancas amedrontadas pela possibilidade de revoltas negras como a do Haiti no Brasil. Procuramos perceber como as próprias pessoas escravizadas e livres de cor ressignificavam sua luta em um contexto novo que se abria em todo o Mundo Atlântico. Nossa atenção se volta especialmente à maneira como se criou mecanismos de repressão social e silenciamento histórico que permanecem em nossa cultura como estigmas sociais profundos, os quais às vezes passam despercebidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-11-2022

Como Citar

LIMA, L. F. de S.; LOURENÇO , F. M.; OLIVEIRA , G. S.; VIEIRA, S. F.; LUIZ RIGUEIRA SIMAO, F. Haitianismo e percepção da Revolução Haitiana na sociedade escravista brasileira do século XIX. Revista Ponto de Vista, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 01–14, 2022. DOI: 10.47328/rpv.v11i02.14537. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/RPV/article/view/14537. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos de Iniciação Científica