Entre a Equidade e a Solidariedade: repensando a remuneração dos cooperados

  • Airton Cardoso Cançado Universidade Federal do Tocantins - UFT e Fundação Getúlio Vargas - FGV.
  • Naldeir dos Santos Vieira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) / Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
  • Liliam Deisy Ghizoni Universidade Federal do Tocnatins - UFT
  • Ariádne Scalfoni Rigo Universidade Federal da Bahia - UFBA
Palavras-chave: Cooperativismo, Remuneração de Cooperados, Caso para Ensino em Cooperativismo

Resumo

Este caso trata de alguns temas de grande relevância em cooperativas populares: os controles internos, o pagamento dos cooperados, o processo de tomada de decisão e a postura do técnico de incubação. É apresentado o caso de uma cooperativa de jovens, recém criada em Salvador/BA, que conta com o apoio de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e passa por um processo de incubação. No caso é discutida a forma como os cooperados serão remunerados pelo seu trabalho e como os controles internos relativos a este pagamento podem ser realizados. Dentro desta perspectiva merece destaque o posicionamento do técnico de incubação em relação ao problema e em relação à sua própria ação enquanto técnico. O caso trabalha a importância da tomada de decisão, na medida em que uma decisão não tomada tem seus impactos sentidos pelo grupo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Airton Cardoso Cançado, Universidade Federal do Tocantins - UFT e Fundação Getúlio Vargas - FGV.
Pós-doutorando em Administração pela EBAPE/FGV, Doutor em Administração pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), Mestre em Administraçãopela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2004) e graduado em Administração com Habilitação em Adm. de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa - UFV (2003). Atualmente é Coordenador do Núcleo de Economia Solidária da Universidade Federal do Tocantins - NESol/UFT e professor da UFT.
Naldeir dos Santos Vieira, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) / Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Doutorando em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Mestre em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Bacharel em Administração de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Professor Assistente da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM.
Liliam Deisy Ghizoni, Universidade Federal do Tocnatins - UFT
Professora assistente da Universidade Federal do Tocantins - UFT. Doutoranda em Psicologia Social do Trabalho e das Organizações na UnB com Estágio Sanduiche na Université Catholique de Louvain la Neuve - Bélgica. Mestrado em Educação (área de Educação e Trabalho) pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002). Especialização em Saúde Mental pela FIOCRUZ (2004). Psicóloga pela Universidade do Vale do Itajaí (1995), graduação em Estudos Sociais pela Universidade do Vale do Itajaí (1995). Membro do NESol - Núcleo de Economia Solidária da UFT.
Ariádne Scalfoni Rigo, Universidade Federal da Bahia - UFBA
Doutoranda em Administração pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. Mestre em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco, possui graduação em Adminstração de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa, MG. Atualmente é professora da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA).  É membro da Incubadora Tecnológicas de Economia Solidária e Gestão do Desenvolvimento Territorial (ITES/UFBA).
Publicado
2013-09-26
Como Citar
Cançado, A. C., Vieira, N. dos S., Ghizoni, L. D., & Rigo, A. S. (2013). Entre a Equidade e a Solidariedade: repensando a remuneração dos cooperados. Administração Pública E Gestão Social, 5(4), 182-187. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/apgs/article/view/4449
Seção
Casos para ensino