Organização do processo ensino-aprendizagem com o uso do smartphone na perspectiva da teoria da atividade de estudo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v9i2.976

Palavras-chave:

Processo ensino-aprendizagem. Didática Experimental. Tecnologia Educacional.

Resumo

As tecnologias digitais estão presentes nas atividades diárias do homem contemporâneo, principalmente entre os jovens que as utilizam com destreza e naturalidade. Neste relato de experiência, apresenta-se parte dos resultados de uma pesquisa de mestrado que teve como objetivo organizar o processo ensino-aprendizagem com o uso do smartphone numa disciplina de um curso técnico integrado ao ensino médio, na perspectiva da Teoria da Atividade de Estudo de Davidov. Essa teoria está apoiada na Teoria Histórico-Cultural de Vigotski e na Teoria da Atividade de Leontiev. Utilizou-se a metodologia do experimento didático, uma intervenção pedagógica, que tem como objetivo promover aprendizagens e desenvolvimento do aluno. O experimento foi organizado em quatro atividades de estudo, realizadas em 18,5 horas, aproximadamente, num período de três meses. Os participantes foram 14 alunos, com idades de 16 e 17 anos. Foi possível constatar que há indícios de que o estudo organizado nessa perspectiva, usando o smartphone, despertou o querer aprender, promoveu a apropriação dos conceitos essenciais e dos processos técnicos da disciplina, desenvolvendo o pensamento teórico e promoveu a colaboração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elson de Paula, Instituto Federal do Triângulo Mineiro

Mestre em Educação pela Universidade de Uberaba - UNIUBE. Professor do ensino superior e do ensino médio no Instituto Federal do Triângulo Mineiro, campus Uberaba.

Marilene Ribeiro Resende, Universidade de Uberaba

Doutora em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP. Docente pela  Universidade de Uberaba - UNIUBE e docente do curso de Pedagogia na mesma universidade.

Referências

AQUINO, Orlando Fernández. Leonid Vladimirovitch Zankov: contribuições para a pesquisa em didática desenvolvimental. In: LONGAREZI, Andrea Maturano; PUENTES, Roberto Valdés (Orgs.). Ensino Desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. 2. ed. Uberlândia, MG: EDUFU, 2015. P. 245-274.

AQUINO, Orlando Fernández. O experimento didático-formativo: contribuições para a pesquisa em didática desenvolvimental. XVII Encontro Nacional de Prática de Ensino – ENDIPE: Didática e Prática de Ensino na relação com a Formação de Professores. Fortaleza: CE: EdUECE, 2014. P. 04645- 04657 (E-book 2). Disponível em: <http://www.uece.br/endipe2014/ebooks/livro2/>. Acesso em: 14 abr. 2018.

DAVYDOV, Vasily Vasilovich. O que é a atividade de estudo. Escola Inicial, São Paulo, n. 7, p. 1-9, 1999.

DAVYDOV, Vasily Vasilovich. Problemas do ensino desenvolvimental: a experiência da pesquisa teórica e experimental na psicologia. Textos publicados na Revista Soviet Education, v. 30, n. 8, August, 1986. Trad. José Carlos Libâneo e Raquel Aparecida Marra da Madeira Freitas [Trabalho não publicado].

FREITAS, Raquel Aparecida Marra da Madeira. Pesquisa em Didática: o experimento didático formativo. In: X ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA ANPED CENTRO-OESTE: desafios da produção e divulgação do conhecimento, 2010, Uberlândia. Anais... Uberlândia, 2010. P. 1-11.

IDC. Após dois anos, mercado de smartphones cresce em 2017 e atinge o segundo melhor desempenho de vendas. São Paulo, 26 de março de 2018. 2018. Disponível em: <http://br.idclatin.com/releases/news.aspx?id=2312>. Acesso em: 20 jun. 2018.

LAZARETTI, Lucinéia Maria. Daniil Borisovich Elkonin: a vida e as produções de um estudioso do desenvolvimento humano. In: LONGAREZI, Andrea Maturano, PUENTES, Roberto Valdés (Orgs.). Ensino Desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. 2. ed. Uberlândia, MG: EDUFU, 2015. P. 217-244.

LEONTIEV, Alexei Nikolaevich. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa, Horizonte Universitário, 1978. 356p.

LIBÂNEO, José Carlos; FREITAS, Raquel Aparecida Marra da Madeira. Vasily Vasilyevich Davydov: a escola e a formação do pensamento teórico-científico. In: LONGAREZI, Andrea Maturano; PUENTES, Roberto Valdés (Orgs.). Ensino Desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. 2 ed. Uberlândia, MG: EDUFU, 2015. P. 327-362.

LONGAREZI, Andrea Maturano; FRANCO, Patrícia Lopes Jorge. A. N. Leontiev: a vida e a obra do psicólogo da atividade. In: LONGAREZI, Andrea Maturano; PUENTES, Roberto Valdés (Orgs.). Ensino Desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. 2 ed. Uberlândia, MG: EDUFU, 2015. P. 79-122.

PEIXOTO, Joana. Tecnologias e práticas pedagógicas: as TIC como instrumento de mediação. In. LIBÂNEO, José Carlos; SUANNO, Marilza Vanessa Rosa (Orgs.) Didática e escola em uma sociedade complexa. Goiânia, GO: CEPED, 2011. P. 97-111.

REPKIN, Vladimir. Ensino desenvolvente e atividade de estudo. Ensino em Re-Vista, Uberlândia, MG, v. 21, n.1, p. 85-99, jan./jun. 2014. Disponível em: <http://www.seer.ufu.br/index.php/emrevista/article/viewFile/25054/13891>. Acesso em: 14 abr. 2018.

OCDE. Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Relatório Education at a Glance (EAG). 2016. Disponível em: <http://www.oecd.org/education/education-at-a-glance/>. Acesso em: 20 jun. 2018.

RIGON, Algacir José; ASBAHR, Flávia da Silva Ferreira; MORETTI, Vanessa Dias. Sobre o processo de humanização. In: MOURA, Manoel Oriosvaldo de (Org.). A atividade pedagógica na teoria Histórico-Cultural. Brasília, Liber livro, 2010. P. 13-44.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. O significado Histórico da Crise da Psicologia: uma investigação metodológica. In: VIGOTSKI, Lev Semionovitch (Org.). Teoria e método em psicologia. São Paulo, Martins Fontes, 1996. P. 203-477.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. Trad. José Cipolla Neto, Luis Silveira Menna Barreto e Solange Castro Afeche.7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Downloads

Publicado

2019-01-11

Como Citar

PAULA, E. de; RESENDE, M. R. Organização do processo ensino-aprendizagem com o uso do smartphone na perspectiva da teoria da atividade de estudo. Educação em Perspectiva, Viçosa, MG, v. 9, n. 2, p. 434–452, 2019. DOI: 10.22294/eduper/ppge/ufv.v9i2.976. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/educacaoemperspectiva/article/view/7047. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Relatos de experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)