Uso de fertilizante organomineral de liberação gradual de nutrientes na cultura da soja

Autores

  • Robson Thiago Xavier de Sousa
  • Bruna Couto Molinar Henrique
  • Leonardo Couto Molinar Henrique
  • Humberto Henrique Federal University of Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.18540/jcecvl6iss4pp0513-0519

Palavras-chave:

Fertilizante Organomineral, Fertilizante de Liberação Gradual, Fertilizante de Alta Performance, Adubação de Soja

Resumo

Este trabalho tem como objetivo investigar a eficiência de um novo fertilizante organomineral produzido com resíduos de torta de filtro de usinas de cana-de-açúcar. O novo fertilizante foi desenvolvido com base na mistura de minerais com composto orgânico, condicionamento e peletização da mistura. Os minerais consistem em nutrientes minerais solúveis convencionais e a fase orgânica consiste em composto  insolúvel de torta de filtro, obtido a partir do processo de compostagem. A eficiência dos fertilizantes convencional e organomineral foi medida em campo na cultura da soja através de um delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. As variáveis analisadas foram produtividade, teor de NPK nas folhas. O experimento foi realizado em Tupaciguara MG, Brasil. Os resultados experimentais mostraram maior produtividade da soja e teor de nitrogênio nas folhas nos tratamentos com organominerais do que nos tratamentos com minerais em todas as dosagens utilizadas, com diferença estatística para dosagens de 80% e 100% de NPK.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-10-21

Como Citar

XAVIER DE SOUSA, R. T.; COUTO MOLINAR HENRIQUE, B.; COUTO MOLINAR HENRIQUE, L.; HENRIQUE, H. Uso de fertilizante organomineral de liberação gradual de nutrientes na cultura da soja. The Journal of Engineering and Exact Sciences, [S. l.], v. 6, n. 4, p. 0513-0519, 2020. DOI: 10.18540/jcecvl6iss4pp0513-0519. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/jcec/article/view/10839. Acesso em: 30 nov. 2020.

Edição

Seção

General Articles