Referências culturais na moda: diferenças e semelhanças na configuração do jeans das marcas Adágio e Zagnetron

  • Rosiane Pereira Alves UFPE/DESIGN
  • Mário Faria de Carvalho UFPE/DESIGN

Resumo

O município de Toritama começou a produzir roupas em jeans no início da década de 1980. Cerca de cinco anos depois, algumas empresas, pela necessidade de identificar seu produto criaram marcas próprias, a exemplo da Mamute Confecções, hoje proprietárias das marcas Adágio e Zagnetron. Diante desse cenário, o objetivo deste trabalho foi analisar as diferenças e semelhanças estéticas no produto de moda das referidas marcas. Metodologicamente, utilizamos uma abordagem sensitiva. A observação empírica e as entrevistas aplicadas revelaram haver distinções de mercado e semelhanças quanto às referências culturais na configuração do produto de moda de ambas as marcas. Isso evidencia que diferentes grupos sociais podem compartilhar uma mesma estética.

Palavras-chave: Jeans, estética, regionalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosiane Pereira Alves, UFPE/DESIGN

Graduação em Economia Doméstica, Mestrado em Extensão Rural e Desenvolvimento Local pela Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Professora Assitente da ênfase de moda do Núcleo de Design da Universidade Federal de Pernambuco - Centro Acadêmico do Agreste. Ministra as discplinas: 1) Tecnologia do vestuário: montagem e Pilotagem; 2) Introdução à pesquisa científica em moda; 3) Técnicas de costura: estudo e aplicação

Referências

AVELAR, Suzana. Moda: globalização e novas tecnologias. São Paulo: Estação das Letras e Cores Editora, 2009.
BRITO, Dario; LOZANO, Jorge; CALDAS, Waldenyr. O eterno desejo do novo: moda. Revista Continente Documento, Recife, ano 5, n. 49 set. 2006.
CABRAL, Romilson Marques. Relações possíveis entre empreendedorismo, arranjos organizacionais e institucionais: estudo de casos múltiplos no Pólo de Confecções do Agreste Pernambucano. 2007. 313 f . Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2007.
CATORIA, Lu. Jeans, a roupa que transcende a moda. Aparecida, SP: Idéias e Letras, 2006.
CRANE, Diana. Moda, identidade e mudança social. In: ______. Moda e seu papel social: classe, gênero e identidade. Trad. Cristiana Coimbra. São Paulo: Editora Senac. São Paulo, 2006. p.21-63.
FLÜGEL, J.C. A psicologia das roupas. Trad. Antonio Ennes Cardoso. São Paulo: Martins Fontes, 1999.
LOBACH, Bernd. Design Industrial – Base para configuração dos produtos industriais. Trad. Freddy Van Camp – São Paulo: Editora Bluche, 2001.
LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. Trad. Maria Lucia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. (1944)
MAFFESOLI, Michel. No fundo das aparências. Trad. Bertha Halpern Gurovitz. Petropólis, RJ: Vozes, 1996.
MINAYO, Maria Cecília, O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 5. ed. São Paulo: Hucitec; Rio de Janeiro: Abrasco, 1998.
PEREIRA, Nicole. Escolha o seu jeans. Manequim, Ed.581. São Paulo: Editora Abril, fev. 2008. p.75.
SOLOMON, Michael R. The diffusion of innovations. In: ______. Consumer behavior: buying, having, and being. 4. ed. New Jersey, EUA,1998.
YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução Daniel Grassi. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.
Publicado
2012-12-13
Como Citar
Alves, R. P., & de Carvalho, M. F. (2012). Referências culturais na moda: diferenças e semelhanças na configuração do jeans das marcas Adágio e Zagnetron. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 23(2), 191-204. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3636
Seção
Artigos