FARELO INTEGRAL DE INSETO, EFEITO SOBRE O DESEMPENHO E QUALIDADE INTESTINAL DE FRANGOS DE CORTE CRIADOS EM SISTEMA ANTIBIOTIC FREE E ALIMENTADOS COM NUTRIÇÃO ORGÂNICA

Autores

  • Dayana Cristina de Oliveira Pereira
  • português portugues
  • Jorge Konrado Xavier de Melo Korin Agropecuária Ltda

DOI:

https://doi.org/10.21206/rbas.v11i1.12515

Palavras-chave:

Português

Resumo

O objetivo da pesquisa foi avaliar o efeito do farelo integral de insetos (FII) sobre o desempenho e qualidade intestinal de frangos de corte nas fases inicial e de crescimento. Foram utilizados 1.200 pintainhos machos. Os tratamentos avaliados consistiram em diferentes inclusões da FII. Foram eles: T1) 0% de FII, T2) 5% de FII, T3) 10% de FII, T4) 15% de FII e T5) 20% de FII. As variáveis analisadas foram: desempenho zootécnico, qualidade de cama e qualidade intestinal. O uso da FII proporcionou, em todos os níveis de inclusão, melhorias no desempenho zootécnico, sendo este caracterizado pelo maior
(p?0,05) ganho de peso e peso médio das aves. Dentre os tratamentos que utilizaram a FII maior (p?0,05) ganho de peso e peso médio das aves foi proporcionado pelo tratamento T4 e o pior desempenho foi proporcionado pelo tratamento T5. Ainda em relação aos tratamentos que utilizaram a FII, o tratamento T4 apresentou o menor teor de matéria seca e menor valor de pH. O teor de amônia, no entanto, foi similar ao observado no tratamento T1 e T5. Em relação a qualidade intestinal o tratamento T3 apresentou menor (p?0,05) profundidade de cripta e maior (p?0,05) relação vilo cripta no duodeno. No jejuno houve redução significativa dos infiltrados inflamatórios nos tratamentos T3 e T4. Neste mesmo seguimento intestinal houve redução (p?0,05) das lesões por coccidiose em todos os tratamentos que utilizaram a FII
se comparado ao tratamento T1. O uso da FII não alterou a abundância de espécies microbianas presentes no ceco das aves. Em resumo, nas fases inicial e de crescimento o uso da FII melhorou o desempenho das aves e não alterou a composição filogenética e a abundância de espécies presentes no ceco das aves. Além disso, seu uso promoveu redução na incidência de lesões por coccidiose no jejuno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

português, portugues

Doutorado em Ecologia Aplicada pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Brasil, CEO do Korin Agricultura e Meio Ambiente Ltda , Brasil

Jorge Konrado Xavier de Melo, Korin Agropecuária Ltda

Estrada Municipal de Camaquã, Km82, Ipeúna-SP, Médico Veterinário da Korin Agropecuária Ltda, jorge.xavier@korin.com.br

Downloads

Publicado

2021-10-30

Como Citar

Pereira, D. C. de O., portugues, L. ., & Konrado Xavier de Melo, J. . (2021). FARELO INTEGRAL DE INSETO, EFEITO SOBRE O DESEMPENHO E QUALIDADE INTESTINAL DE FRANGOS DE CORTE CRIADOS EM SISTEMA ANTIBIOTIC FREE E ALIMENTADOS COM NUTRIÇÃO ORGÂNICA. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 11(1), 299–314. https://doi.org/10.21206/rbas.v11i1.12515

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)