NOTA TÉCNICA: PRODUÇÃO DE BIOGÁS E BIOFERTILIZANTE A PARTIR DA BIODIGESTÃO DA TORTA DE MAMONA COM ADIÇÃO DEJETOS DE ANIMAIS

  • Elton Eduardo Novais Alves
  • Cecília de Fátima Souza
  • Keles Regina Antony Inoue
Palavras-chave: digestão anaeróbia, Ricinus communis, tratamento de resíduos

Resumo

Objetivou-se, com essa pesquisa, quantificar a produção de biogás e caracterizar os biofertilizantes oriundos da digestão anaeróbia da torta de mamona com adição de dejetos de animais. Os biodigestores foram do tipo bancada, operando em batelada, contendo 2 L de substrato. Os três tratamentos foram: torta de mamona e água (T1); torta com adição de dejeto bovino e água (T2); e torta com adição de dejeto suíno e água (T3), com 9 dag kg-1 de ST e com três repetições cada. A quantidade de dejeto utilizada correspondeu a 15% da massa de ST do substrato. A maior produção de biogás foi observada no T2 (2,03 L), sendo semelhante em T1 e T3 (P>0,05). O biofertilizante do T1 apresentou maior concentração de nitrogênio (6,13 g L-1). O teor de fósforo foi maior no T3 (867,80 mg L-1) e os valores de pH, potássio e sódio foram estatisticamente semelhantes nos três tratamentos. Os potenciais de produção de biogás foram maiores em T2. Concluiu-se que a torta de mamona é um bom substrato para a produção de biogás e de biofertilizante com qualidades químicas satisfatórias, sendo observado aumento de produção deste gás, quando associada com dejetos bovinos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-27
Como Citar
Alves, E. E. N., Souza, C. de F., & Inoue, K. R. A. (2012). NOTA TÉCNICA: PRODUÇÃO DE BIOGÁS E BIOFERTILIZANTE A PARTIR DA BIODIGESTÃO DA TORTA DE MAMONA COM ADIÇÃO DEJETOS DE ANIMAIS. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 20(6), 493-500. https://doi.org/10.13083/reveng.v20i6.293
Seção
Construções Rurais e Ambiência

Most read articles by the same author(s)