LIMITAÇÕES DO CRESCIMENTO VEGETATIVO EM CAFEEIRO ARÁBICA PROMOVIDO PELO DÉFICIT HÍDRICO

  • Anelisa Figueiredo Peloso
  • Sandro Dan Tatagiba
  • José Francisco Teixeira Amaral
Palavras-chave: Coffea arabica L., desenvolvimento inicial, estresse hídrico, lâmina de irrigação

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da disponibilidade hídrica no crescimento vegetativo do cafeeiro arábica, Catuaí Vermelho (IAC 144). Estudaram-se três disponibilidades hídricas (30, 60 e 100% da água disponível - AD), em delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis repetições, no total de 18 parcelas experimentais. Cada parcela foi constituída de uma planta por vaso. Aos 230 dias de experimentação avaliaram-se: altura da planta, diâmetro a nível do coleto, área foliar e as massas de matéria seca total (MST), das folhas (MSF), dos ramos ortotrópico mais os plagiotrópicos (MSR o+p) e das raízes (MSR). De acordo com os resultados obtidos, foi verificado que o déficit hídrico afetou negativamente o crescimento das plantas, fato evidenciado através das reduções significativas de 62, 22, 45, 64, 66, 55 e 70% na área foliar, na altura das plantas, no diâmetro a nível do coleto, na MST, na MSF, MSR o+p e na MSR, respectivamente, encontradas nas plantas a 30% de AD quando comparadas com as mantidas a 100% de AD.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-05-08
Como Citar
Peloso, A. F., Tatagiba, S. D., & Amaral, J. F. T. (2017). LIMITAÇÕES DO CRESCIMENTO VEGETATIVO EM CAFEEIRO ARÁBICA PROMOVIDO PELO DÉFICIT HÍDRICO. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 25(2), 139-147. https://doi.org/10.13083/reveng.v25i2.755
Seção
Recursos Hídricos e Ambientais

Most read articles by the same author(s)