ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DE RESFRIAMENTO DE PAINÉIS POROSOS PREENCHIDOS COM ARGILA EXPANDIDA EM COMPARAÇÃO AOS DE CELULOSE USANDO TÚNEL DE VENTO

José Francisco Rosa, Ilda de Fátima Tinôco, Carlos Magno Fernandes, Sergio Zolnier, Mateus Marques Bueno

Resumo


Altas temperaturas do ar, associadass à tipologia aberta e sem isolamento térmico dos alojamentos para animais ainda
constituem grave problema para seu desempenho produtivo. Neste sentido, os sistemas de acondicionamento de
ambientes usuais nas atividades de produção animal brasileira geralmente fazem uso de processos de resfriamento
adiabático evaporativo do ar, utilizando painéis de material poroso umedecido, associado aos sistemas de ventilação em modo túnel. Diante do exposto, este trabalho teve como objetivo comparar a eficiência de placas porosas em argila expandida (cinasita) em relação às do painel de celulose (testemunha) para todas as condições de temperaturas e velocidades das correntes de ar. Foram usados painéis em três espessuras (6 cm, 8,5 cm e 10 cm) e em duas granulometrias, denominadas de granulometria 1 (referência à brita 1) e granulometria 2 (referência à brita 2). Os resultados obtidos foram interpretados com testes de hipóteses de duas médias. Foram encontrados melhores valores de eficiência para os painéis em granulometria 1 em relação à granulometria 2. Também foi verificado bom desempenho para o painel evaporativo de 10 cm de espessura quando a granulometria da argila era a 2.

Palavras-chave


resfriamento evaporativo, painel evaporativo, eficiência de resfriamento, granulometria.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13083/reveng.v19i6.107

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Licença Creative Commons

Revista Engenharia na Agricultura / Engineering in Agriculture | Viçosa, MG, ISSN 2175-6813