Desenvolvimento profissional docente

percursos teóricos, perspectivas e (des)continuidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v11i.9326

Palavras-chave:

Desenvolvimento profissional, Docência, Professor

Resumo

Este artigo visa contribuir para os estudos sobre o Desenvolvimento Profissional Docente e sua relação com os elementos/fatores que o envolvem e influenciam e os contextos onde este ocorre. Objetiva refletir sobre o desenvolvimento profissional docente dos professores da Educação Básica, refletindo, principalmente, sobre seus percursos, perspectivas e (des)continuidades. Sabemos que o percurso profissional docente não é fixo, tem muitas variáveis que influenciam seu desenvolvimento. Nessa perspectiva, a pesquisa que deu origem a essas reflexões está em andamento e nos ajudará a responder muitos questionamentos sobre a formação, a profissionalidade, a identidade profissional, as vivências dos professores e a influência de tudo isso no seu desenvolvimento profissional. Assim, o processo de desenvolvimento profissional docente, seus conceitos, modelos e características serão discutidos neste estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcia Gracia Ferreira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Professora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Pós-doutora pela UFBA. Doutora em Educação pela UFSCar. Líder dos Grupos de Pesquisa/CNPq: Docência, Currículo e Formação (DOCFORM) e Grupo de Pesquisa e Estudos Pedagógicos (GPEP).

Referências

ALMEIDA, Paula Cristina Soares Silva de. As condições do trabalho docente: processos de (des)continuidades no desenvolvimento profissional docente. 2019. Relatório de Qualificação (Mestrado em Educação ) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, 2019.

ANDRÉ, Marli et al. Estado da arte da formação de professores no Brasil. Educação & Sociedade, Campinas, v. 20, n. 68, p. 73-89, dez. 1999. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73301999000300015

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2010.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.

BOLÍVAR, Antonio (org.). Profissão professor: o itinerário profissional e a construção da escola. Bauru: Edusc, 2002.

BRZEZINSKI, Iria (org.). Profissão professor: identidade e profissionalização docente. Brasília: Plano Editora, 2002.

CRUZ, Lílian Moreira. Desenvolvimento profissional docente e os princípios fundantes da pedagogia freireana: itinerários formativos de professores/as da Educação Básica. 2019. Projeto (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

DAY, Christopher. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Editora, 2001.

D’ÁVILA, Cristina Maria. Universidade e formação de professores: qual o peso da formação inicial sobre a construção da identidade profissional docente? In: NASCIMENTO, Antônio Dias; HETKOWSKI, Tânia Maria (org.). Memória e formação de professores. 1 ed. Salvador: EDUFBA, 2007. p. 219-240.

FERREIRA, Lúcia Gracia; BEZERRA, Paloma Oliveira. O professor do ensino superior e sua formação: uma discussão necessária. Revista de Ciências da Educação, Americana, ano XVII, n. 32, p. 193-208, jan./jun. 2015. https://doi.org/10.19091/reced.v1i32.396

FERREIRA, Lúcia Gracia. Professoras da zona rural: formação, identidade, saberes e práticas. 2010. 260 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade. Universidade do Estado da Bahia, Salvador, 2010.

FERREIRA, Lúcia Gracia. Professores da zona rural em início de carreira: narrativas de si e desenvolvimento profissional. 2014. 272 f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.

GONÇALVES, José Alberto M. A carreira das professoras do ensino primário. In: NÓVOA, António (org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992. p. 141-169.

HOBOLD, Márcia de Souza. Desenvolvimento profissional dos professores: aspectos conceituais e práticos. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 13, n. 2, p. 425-442, maio/ago. 2018. https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.13i2.0010

HUBERMAN, Michaël. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, António (org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992, p. 31-61.

MARCELO GARCÍA, Carlos. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

MARCELO GARCÍA, Carlos. Desenvolvimento profissional: passado e futuro. Sísifo -Revista das Ciências da Educação, Lisboa, n. 8, p. 7-22, jan./abr. 2009.

MOURA, Juliana da Silva. Transtornos mentais e comportamentais em professores e as implicações para a carreira docente. 2019. Relatório de Qualificação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, 2019.

OLIVEIRA, Thays Marinho. Docência no início da carreira: aprendizagens e dificuldades de professores da educação infantil. 2014. Monografia (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2014.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, Julia. Desenvolvimento profissional dos professores. In: FORMOSINHO, João (coord.). Formação de professores: aprendizagem profissional e acção docente. Portugal: Porto Editora, 2009. p. 221-284.

SANTOS, Jurema Rosendo dos. História de vida de professores atingidos pelo mal-estar docente e desenvolvimento da carreira. 2014. Monografia (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2014a.

SANTOS, Jurema Rosendo dos. Desenvolvimento profissional docente: um estudo sobre professores iniciantes da Educação Básica em situação de ausência de bem-estar. 2019. 104 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

SANTOS, Caroline Ferreira. As dificuldades enfrentadas pelos professores da educação infantil em início de carreira. 2014. Monografia (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Itapetinga, 2014b.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro; AMARAL, Ana Lúcia (org.). Formação de professores: políticas e debates. São Paulo: Papirus, 2002.

Publicado

2020-07-14

Como Citar

Ferreira, L. G. (2020). Desenvolvimento profissional docente: percursos teóricos, perspectivas e (des)continuidades. Educação Em Perspectiva, 11(.), e020009. https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v11i.9326