Sensibilizando para a acessibilidade linguística na comunicação: relato de experiência de uma ação de extensão universitária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21284/elo.v12i.17776

Resumo

O acesso à informação é um direito humano e constitucional de todos os cidadãos. No entanto, existe um grande abismo entre o que é garantido por lei e a real efetivação do direito. Pessoas surdas correspondem a 5% da população brasileira, segundo dados do IBGE, e enfrentam barreiras cotidianas no exercício dos seus direitos como o acesso à informação. Poucos veículos de informação investem em produção de conteúdo jornalístico acessível e, quando há presença de conteúdo acessível, constata-se a ausência do respeito aos padrões previstos nas normativas da ABNT. A ação de extensão AcessCom, realizada em formato de seminário, buscou promover a sensibilização de profissionais e mediadores da comunicação para o direito ao acesso à informação e para as pautas do público surdo. Em dois dias de programação, 74 participantes do seminário debateram as vivências e os desafios das pessoas surdas no acesso à informação e conheceram produções informativas com acessibilidade linguística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BONITO, Marco; SANTOS, Larissa Conceição dos. Repensar os processos e as práticas jornalísticas pela ótica da acessibilidade comunicativa. Revista Alterjor, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 133-147, 2019. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/alterjor/article/view/155316. Acesso em: 24 jan. 2023.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 2016.

BRASIL. Portaria n.º 310, de 27 de junho de 2006. Aprova a Norma Complementar nº 01/2006 - Recursos de acessibilidade, para pessoas com deficiência, na programação veiculada nos serviços de radiodifusão de sons e imagens e de retransmissão de televisão. Diário Oficial da União, 28 de jun. 2006, Seção 1, p. 34. Disponível em: https://repositorio.mctic.gov.br/handle/mctic/1659. Acesso em: 04 dez. 2023.

FERNANDES, Carolina da Silva. A percepção de telejornais por espectadores surdos: desafios para a inclusão. 2017. 1 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: http://www.biblioteca.pucminas.br/teses/Comunicacao_FernandesCS_1.pdf. Acesso em: 24 jan. 2023.

MASSONI, Vanessa. Por um "bom dia" e "boa noite" para todos: um estudo sobre o acesso à informação para o surdo através do telejornalismo. 2019. 1 f. TCC (Graduação) - Curso de Curso de Jornalismo, Universidade do Vale do Taquari, Lajeado, 2019. Disponível em: https://www.univates.br/bduserver/api/core/bitstreams/82119221-544d-43ec-bcc1-d4adbbe64d7a/content. Acesso em: 24 jan. 2023.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos Humanos, 1948. Disponível em: https://www.unicef.org/brazil/declaracao-universal-dos-direitos-humanos. Acesso em: 24 jan. 2023.

SILVA, Fabiana Ferreira; SAMPAIO, Jamile Galvão; SOUZA, Leila Ronize Moraes de. Análise dos recursos de acessibilidade para surdos e cegos das TV’s públicas no Amazonas segundo as normas da ABNT. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO NORTE, 12., 2013, Manaus. Anais [...] . Manaus: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - Intercom, 2013. p. 1-15. Disponível em: https://portalintercom.org.br/anais/norte2013/resumos/R34-0480-1.pdf. Acesso em: 24 jan. 2023.

Downloads

Publicado

08-01-2024

Como Citar

SOUSA, R. de L., & LUNA, J. S. de O. (2024). Sensibilizando para a acessibilidade linguística na comunicação: relato de experiência de uma ação de extensão universitária. Revista ELO – Diálogos Em Extensão, 13. https://doi.org/10.21284/elo.v12i.17776

Edição

Seção

Relatos de Experiência