O significado da casa própria para os beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida em Viçosa, MG

  • Eliane Aparecida Guimarães Universidade Federal de Viçosa
  • Neide Maria de Almeida Pinto Universidade Federal de Viçosa

Resumo

Analisou-se, neste trabalho, que é parte da pesquisa de mestrado em Economia Doméstica, realizada no período de 2012/2013 na cidade de Viçosa-MG, o processo de implantação do Programa Habitacional Minha Casa Minha Vida (PMCMV), direcionado para a população de baixa renda no município. Este trabalho tem por objetivo apresentar o significado da aquisição da casa através desse Programa na perspectiva das famílias beneficiárias. É um estudo com abordagem mista, cujos resultados foram obtidos a partir de entrevistas semiestruturadas realizadas individualmente com os beneficiários. A casa própria é o sonho do brasileiro, porém através da produção de mercado, a população de baixa renda foi e é preterida de ter acesso a tal bem, realidade esta que se arrasta por vários anos. Em 2009, o PMCMV surge com a proposta de atender, de fato, a essa população. No caso de Viçosa, até o momento, 335 famílias foram beneficiadas. Nessa realidade é possível perceber a satisfação dos beneficiários na aquisição da casa, trazendo à tona vários significados positivos, o que não afasta a percepção destes sobre a realidade local a que estão submetidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Aparecida Guimarães, Universidade Federal de Viçosa
ELIANE APARECIDA GUIMARAES,  Graduou-se em Direito pela UniversidadeFederal de Ouro Preto-MG, em outubro de 2002. Exerceu a advocacia em BeloHorizonte-MG durante o período de 2003 a 2010. Em março de 2011 ingressou noPrograma de Pós-Graduação em Economia Doméstica, na Universidade Federal deViçosa, obtendo o título de mestre em outubro de 2013.
Neide Maria de Almeida Pinto, Universidade Federal de Viçosa
Pós-Doutora em Sociologia no Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho em Portugal, doutora em Ciências Sociais pela PUC/SP e professora associada do Departamento de Economia Doméstica da Universidade Federal de Viçosa.

Referências

BRASIL. Estatuto da cidade (2001). Estatuto da cidade: Lei n. 10.257, de 10 de julho de 2001, que estabelece diretrizes gerais da política urbana. – Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 2001. 35 p. – (Série fontes de referência. Legislação; n. 40)

_______________. Lei n. 11.977, de 11 de Julho de 1990. Disponível em: Acesso em: 07 de novembro de 2011.

BOLAFFI, Gabriel. Habitação e Urbanismo: O Problema e o Falso problema. In: A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo: Alfa-Ômega. 1979.

BOLFARINE, Heleno; BUSSAB, Wilton de Oliveira. Elementos de Amostragem. São Paulo: Edgar Blücher, 2005.

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação social no Brasil: arquitetura moderna, lei do inquilinato e difusão da casa própria. São Paulo: Estação Liberdade, 1998.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Cartilha completa Minha Casa Minha Vida. 2012. Disponível em acesso realizado em Março 2013.

CAPELLA, Ana C. N. Perspectivas teóricas sobre o processo de formulação de políticas públicas. In: HOCHMAN, Gilberto et al. (Orgs.). Políticas públicas no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007. 398p. P. 87-122.

CRUZ, Tancredo Almada (coord). Retratos de Viçosa. Viçosa-MG. CENSUS. 2012.

DENZIN, Norman K. & LINCOLN, Yvonna. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2ª ed. Tradução de Sandra Regina Netz. Porto Alegre, Artmed, pp. 15-41, 2006.

GUIMARÃES, Eliane Aparecida. O processo de implementação do Programa Minha Casa Minha Vida para população de baixa renda: o caso de Viçosa-MG. 2013. 230f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.

FREYRE, Gilberto. Oh de Casa! em tôrno da casa brasileira e de sua projeção sobre um tipo nacional de homem. Recife: Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, 1979. 169p.

MARICATO, Ermínia. Política habitacional no regime militar: do milagre econômico à crise economia. Petrópolis: Vozes, 1987.

____________. Urbanismo na periferia do mundo globalizado: metrópoles brasileiras. São Paulo Perspectiva, São Paulo, v. 14, n. 4, 2000, Disponível em: . Acesso em outubro de 2011.

___________. Metrópole, legislação e desigualdade. Estudos Avançados, São Paulo, v.17, n.48, maio/ago. 2003.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. (2000). Ciência, técnica e arte: o desafio da pesquisa social. In: Minayo, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade (pp.9-29). Petrópolis: Vozes, 2000.

SINGER, Paul. O uso do solo na economia capitalista. In: A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo: Alfa-Ômega. 1979.

VIÇOSA, Prefeitura Municipal. Lei n. 1383/2000. Institui o Plano Diretor do Município de Viçosa e dá outras providências. 25 maio 2000.
Publicado
2014-06-02
Como Citar
Guimarães, E. A., & de Almeida Pinto, N. M. (2014). O significado da casa própria para os beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida em Viçosa, MG. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 25(1), 137-158. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3689
Seção
Artigos