Famílias e envelhecimento: um ensaio teórico com base na perspectiva histórica

Autores

  • Michelle Cristina Ferreira

Resumo

As investigações sobre as relações entre família e envelhecimento e os impactos das mesmas nas relações intergeracionais têm crescido nos últimos anos.  Entretanto, poucas são as pesquisas que buscam analisar esta relação por meio da abordagem da perspectiva histórica das famílias. Assim, o presente ensaio teórico tem por objetivo discorrer sobre as categorias “famílias” e “envelhecimento” sobre a perspectiva histórica. O estudo descreve os conceitos tendo como base a revisão bibliográfica, a fim de compreender como estas relações se deram ao longo da história. Espera-se que o tema amplie o foco de análise da relação entre família e envelhecimento e auxilie novas pesquisas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michelle Cristina Ferreira

Mestranda em Economia Doméstica pela Universidade Federal de Viçosa; Especialista em Gestão de Pessoas e Finanças pelo Centro de Ensino Superior de São Gotardo e Bacharela em Administração pela Universidade Federal de Viçosa - Campus de Rio Paranaíba.

Referências

AREOSA, S. V. C, BENITEZ, L. B, WICHMANN, F. M. A. Family relationship and social interaction among elderly. Textos & Contextos. 2012. Apr 10;11'11:184-92.
Available from: Available from: Disponível em:
<http://revistaseletronicas.pucrs.br/fass/ojs/index.php/fass/article/view/10495/8059 Portuguese>. Acesso 02. Abr. 2016.


ARIÉS. P. História Social da Criança e da Família. 2ª edição, Rio de Janeiro, 1981. Disponível em: <http://disciplinas.stoa.usp.br/pluginfile.php/347615/mod_resource/content/1/Hist%C3%B3ria%20social%20da%20crian%C3%A7a%20e%20da%20fam%C3%ADlia%2C%20Aries.pdf>. Acesso 02. Abr. 2016.

ASSIS, M. O envelhecimento e suas consequências. In: CALDAS, P. C. (organizador) A saúde do idoso: A arte de cuidar. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 1998, p. 37-38.

CAPPELLE, Mônica Carvalho Alves et al., A Produção Científica sobre Gênero na Administração: Uma Meta-Análise. REAd - Revista Eletrônica de Administração, vol. 13, núm. 3, septiembre-diciembre, 2006, pp. 502-528 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=401137458002>. Acesso em 05 nov. 2015.

CAMARANO, A. A. Envelhecimento da população brasileira: continuação de uma tendência. 2011. Disponível em: <http://www.coletiva.org/site/index.phpopt>. Acesso em: 15 abr. 2016.

CAMARANO, A. A.; GHAOURI, S. K. Famílias com Idosos: ninhos vazios?. In:XIII Encontro da Associação Brasileira de Estudos Populacionais, Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil, Anais... de 4 a 8 de novembro de 2002.

ERBOLATO, R. M. P. L. Contatos sociais: relação de amizade em três momentos da vida adulta.Tese (Doutorado em Psicologia). Campinas, SP: Centro de Ciências da Vida:PUCCAMP, 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&ref=000105&pid=S1413-7372201000040001000011&lng=pt>. Acesso: 06 abr. 2016.

FUNARI, P. P. A. Roma: Vida Pública e Vida Privada, São Paulo: Atual, 1993.

GIRALDI, J.; WAIDEMAN, M. C. Família ou Famílias – Construção Histórica e Social do conceito de Família. III Congresso Internacional de Psicologia e IX Semana de Psicologia, Universidade Estadual de Maringá (UEM) Maringá: PR, 2007.

GOODE, W. J. Revolução mundial e padrões de família. São Paulo: Ediusp, 1969.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA -IBGE. Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios –PNAD.2015. Disponível em:<http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/pesquisas/pesquisa_resultados.php?id_pesquisa=40>. Acesso:16 abr. 2016.

INTITUTO BRASILEIRO DE OPINIÃO PÚBLICA E ESTATÍSTICA - IBOPE (2015). Mais internautas em casa. Recuperado em 25 de abril, 2012. Disponível em <http://www.ibope.com.br/calandraWeb/servlet/CalandraRedirect?temp=5&proj=PortalIBOPE&pub=T&db=caldb&comp=NotEDcias&docid=C2A2CAE41B62E75E83257907000EC04F>. Acesso em: 18 abr 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios – PNAD. 2015. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/pesquisas/pesquisa_resultados.php?id_pesquisa=40>. Acesso em: 18 abr. 2016.

_________. A evolução da esperança de vida no Brasil na última década do século XX: os ganhos e os diferenciais por sexo. 2002. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/tabuadevida/evolucao_da_mortalidade.shtm>. Acesso em: 05 ago. 2016

_________. Boletim da Pesquisa por Amostra de Domicílios –PAD. 2014. Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/painel/painel.php?codmun=250750>. Acesso em: 10 abr. 2016.

_________. Estimativas populacionais para os municípios brasileiros em 01.07.2013. Disponível em: <http:// http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/estimativa2013/. Acesso em: 13 abr. 2016.

JEDE, M.; SPULDARO, M. Cuidado do idoso dependente no contexto familiar: uma revisão de literatura. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, [s.l.], v. 6, n. 3, p.413-421, 2009. UPF Editora. DOI: 10.5335/rbceh.2009.040. Disponível em: <http://www.upf.br/seer/index.php/rbceh/article/view/375>. Acesso: 05 abr. 2016.

KALACHE, A. O mundo envelhece: é imperativo criar um pacto de solidariedade social. Revista Ciência Saúde Coletiva, v. 13, n. 4, 2008.

MALUF, A. C. de R. F. D. Novas modalidades de Família na Pós-Modernidade. E. Atlas, 2010. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2131/tde-31012011-154418/pt-br.php>. Acesso 01. Abr. 2016

MACHADO, J. L. A. A Vida em Família na Antiguidade Clássica. Campos do Jordão: Editor do Portal Planeta Educação, 2007. Disponível em: <http://www.portalplanetaeducacao.com.br >, acesso em 30.mar. 2016.

NERI, A.L. (2001). O fruto das sementes: processos de amadurecimento e envelhecimento. In: Neri, A.L. (Org.). (2001). Desenvolvimento e envelhecimento: perspectivas biológicas, psicológicas e sociais: 11-54. (3ª ed.). Campinas (SP): Papirus.

OLIVEIRA, D. A terceira idade e os relacionamentos líquidos nas redes sociais. Revista Eletrônica da Pós-graduação da Cásper Líbero, São Paulo, v. 7, n. 1, p.01-15, jan. 2015. Disponível em: <http://casperlibero.edu.br/terceira-idade-e-os-relacionamentos-liquidos-nas-redes-sociais/>. Acesso em: 08 abr. 2016.

OLIVEIRA, NHD. Recomeçar: família, filhos e desafios [online]. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. 236 p. ISBN 978-85-7983-036-5.

OLIVEIRA, D. A terceira idade e os relacionamentos líquidos nas redes sociais. Revista Eletrônica da Pós-graduação da Cásper Líbero, São Paulo, v. 7, n. 1, p.01-15, jan. 2015. Disponível em: <http://casperlibero.edu.br/terceira-idade-e-os-relacionamentosliquidos-nas-redes-sociais/>. Acesso em: 08 ago. 2014.

OLIVEIRA, M. D. B.; SILVA, N. M.; T., K. M. D. Transferências financeiras: os idosos como suporte econômico familiar.VI Workshop de Análise Ergonômica do Trabalho: III Encontro Mineiro de Estudos em Ergonomia, Viçosa, jun. 2013. Disponível em: <http://www.ded.ufv.br/workshop/docs/anais/2013/Márcia Botelho de Oliveira -Temática Envelhecimento.p df.pdf>. Acesso em: 15 abr. 2016.

PALMA, L. T. S.; SCHONS, C. R. (Org.). Conversando com Nara Costa Rodrigues: sobre gerontologia social. 2. ed. Passo Fundo: UPF, 2000.

PEIXOTO, C. Entre o estigma e a compaixão e os termos classificatórios: velho velhote, idoso terceira idade. Em: Barros, M. L. de (org.), Velhice ou Terceira Idade? (p.15-17). Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1998.

RAMOS, V. Corpo e movimento no envelhecimento. Dissertação de mestrado em Gerontologia. Pontífice Universidade Católica de São Paulo, 2000.

RIGONATTI, S. P. et al. Temas em psiquiatria forense e psicologia jurídica. São Paulo: Vetor Editora Psico-Pedagógica, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbp/v25n3/a15v25n3.pdf>. Acesso em 04 abri. 2016

SALGADO, C. D. S. Mulher idosa: a feminização da velhice. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, v. 4, p. 7-19, 2002.
SANTIN, J. R., BOROWSKI, M. Z. A dignidade da pessoa humana e os direitos sociais do idoso no Brasil. In: SANTIN, Janaína Rigo; Passo Fundo, 2008. Disponível em: <http://www.upf.br/seer/index.php/rbceh/article/viewFile/261/196>. Acesso em 04. Abr. 2016.

SIMÕES, R. Corporeidade e terceira idade: a marginalização do corpo idoso. 2 ª edição. Piracicaba: Unimep, 1994.

SOUTO-MAIOR, H. P. Durkheim e a família: da “introdução à sociologia da família” à “família conjugal”. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPOCS, 22, 1998. Anais... Caxambu, 1998.

TURKENICZ, Abraham. Organizações familiares: contextualização histórica da família ocidental. 2. tiragem. Curitiba: Juruá, 2013.

VIEIRA, E. B. Instituições geriátricas: Avanço ou retrocesso?. Rio de Janeiro: Revinter, 2003.

VILAS BOAS, M. A. Estatuto do Idoso Comentado. Rio de Janeiro: Forense, 2005.

VITALE, M. A. F. Famílias monoparentais: indagações. In: Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo, Cortez, n. 71, especial, 2002.

ZAMBERLAM, C. de O. Os novos paradigmas da família contemporânea: uma perspectiva interdisciplinar. Rio de Janeiro: Renovar, 2001, p.11.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2017-06-25

Como Citar

Ferreira, M. C. (2017). Famílias e envelhecimento: um ensaio teórico com base na perspectiva histórica. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 28(1), 143-161. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3746

Edição

Seção

Artigos