Reflexos do acesso e consumo de água potável no cotidiano de mulheres em situação de pobreza: um estudo em comunidades urbanas do município de Jaboatão dos Guararapes/PE

Resumo

Historicamente, as mulheres são as que mais padecem com a falta de acesso à água potável. Quase sempre são atribuições delas as atividades domésticas, incluindo suprir a demanda de água. A divisão sexual do trabalho determina tarefas de homens e mulheres, inclusive dentro do lar. Este artigo apresenta parte da pesquisa de dissertação de mestrado, e tem como objetivo descrever de que forma a falta de acesso à água potável reflete no cotidiano de mulheres em situação de pobreza. A construção desta pesquisa teve uma abordagem qualitativa, exploratória, composta por pesquisa documental, coleta de campo e tratamento dos dados. A pesquisa foi realizada em comunidades da área urbana do município de Jaboatão dos Guararapes/PE. Os resultados apontam que muitas mulheres têm o cotidiano marcado pela precarização do acesso e do consumo de água. A provisão de infraestruturas para um abastecimento de água adequado reduziria potencialmente a sobrecarga de tempo de mulheres, uma vez que, além do período gasto em afazeres domésticos, precisam dedicar um tempo para o provimento de água, aumentando, assim, a sobrecarga total de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dinar Souza da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Graduada em Serviço social pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Mestre pelo Programa de Pos-Graduação em Consumo, Cotidiano e Desenvolvimento social (PGCDS) na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).
Romilson Marques Cabral, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Possui doutorado em Administração pela Universidade Federal da Bahia - Núcleo de Pós-graduação em Administração da UFBA (2007). Mestrado em Administração e Comunicação Rural(1998). Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Pernambuco (1977), e Atualmente é professor pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. 
Publicado
2019-03-17
Como Citar
da Silva, D. S., & Cabral, R. M. (2019). Reflexos do acesso e consumo de água potável no cotidiano de mulheres em situação de pobreza: um estudo em comunidades urbanas do município de Jaboatão dos Guararapes/PE. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 30(1), 49-67. https://doi.org/10.31423/oikos.v30i1.6374