DESEMPENHO DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS PARA MANEJO DE PALHAS E PLANTIO DIRETO NA AGRICULTURA ORGÂNICA

  • Luiz Fernando Favarato Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural
  • Jacimar Luis de Souza Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural
  • Victor Almeida Pereira Universidade Federal do Espírito Santo
  • Rogério Carvalho Guarçoni Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural
Palavras-chave: agroecologia, conservação de solo, cultivo orgânico, plantadoras

Resumo

Um dos principais limitadores para a aplicação do sistema de plantio direto na agricultura orgânica é o manejo das plantas de cobertura, pela impossibilidade de uso de herbicidas para dessecação da palhada. Objetivou-se avaliar diversas formas de manejo de palhas e plantadoras, sobre diferentes plantas de cobertura, para sistema orgânico de produção, como alternativas operacionais e econômicas para o pequeno e grande produtor agrícola. Foram avaliados seis tipos de máquinas e implementos para roçagem e rolagem das plantas e três tipos de plantadoras. Verificou-se que os rolos-faca a trator e a microtrator foram as melhores opções, destacando-se com maiores eficiências operacionais e menores gastos de mão de obra, além de proporcionarem boas taxas de cobertura de solo. A plantadora de 2 linhas foi mais eficaz que as demais, além do potencial de ser utilizada no plantio direto em áreas maiores. Em pequenas áreas de agricultores familiares, o uso da matraca é uma boa opção, enquanto que a plantadora de 1 linha não apresenta rendimento de trabalho que justifique seu emprego no plantio direto na palha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARATANI, R.G.; MARIA, I.C.; CASTRO, O.M. et al. Desempenho de semeadoras-adubadoras de soja em Latossolo Vermelho muito argiloso com palha intacta de milho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.10, n.2, p.517-522, 2006.

BOER, C.A.; ASSIS, R.L.; SILVA, G.P. et al. Ciclagem de nutrientes por plantas de cobertura na entressafra em um solo de cerrado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.42, n.9, p.1269-1276, 2007.

BORTOLUZZI, E.C.; ELTZ, F.L. F. Efeito do manejo mecânico da palhada de aveia preta sobre a cobertura, temperatura, teor de água no solo e emergência da soja em sistema plantio direto. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v.2, n.2, p.449-457, 2000.

CORRÊA, M.L.P.; GALVÃO, J.C.C.; FONTANETTI, A. et al. Dinâmica populacional de plantas daninhas na cultura do milho em função de adubação e manejo. Revista Ciências Agronômicas, v.42 n.2, p.354-363, 2011.

CORTEZ, J.W.; FURLANI, C.E.A.; VIGNA, G.P. et al. Desempenho do trator agrícola no manejo da cultura de cobertura e pressão de inflação do pneu da semeadora. Engenharia Agrícola, v.29, n.1, p.72-80, 2009.

DENARDIN, J.E.; KOCHHANN, R.A. Requisitos para implantação e a manutenção do sistema do plantio direto. In: EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Trigo. Plantio direto no Brasil. Passo Fundo: EMBRAPA-CNPT. 1993, p. 19-27.

GAMA-RODRIGUES, A.C.; GAMA-RODRIGUES, E.F.; BRITO, E.C. Decomposição e liberação de nutrientes de resíduos culturais de plantas de cobertura em Argissolo Vermelho-Amarelo na região noroeste fluminense-RJ. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.31, n.6, p.1421-1428, 2007.

GAMERO, C.A.; SIQUEIRA, R.; LEVIEN, R. et al. Decomposição da aveia preta (Avena strigosa Schre.) manejada com rolo-faca e triturador de palhas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 26., 1997, Campina Grande. Anais... Campina Grande: Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola, 1997. 1 CD-ROM.

KAPPES, C.; ZANCANARO, L. Sistemas de consórcios de braquiária e de crotalárias com a cultura do milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.14, n.2, p.219-234, 2015.

MATZENBACHER, R.G. A cultura da aveia no sistema plantio direto. Cruz Alta: FUNDACEP FECOTRIGO. 1999, 200 p.

SOUZA, J.L. de; RESENDE, P. Manual de Horticultura Orgânica. 3. ed. Viçosa: Aprenda Fácil, 2014. 841p.

PRADO, R.M.; NATALE, W.; FURLANI, C.E.A. Manejo mecanizado de atividades para a implantação de culturas. Jaboticabal: Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola, 2002. 99p.

SILVA, P.R.F.; SANGOI, L.; ARGENTA, G. et al. Arranjo de plantas e sua importância na definição da produtividade em milho. Porto Alegre: Evangraf, 2006. 64p.

TOKATLIDIS, I.S.; KOUTROUBAS, S. D. A review of maize hybrids’ dependence on high plant populations and its implications for crop yield stability. Field Crops Research, v.88, n.2, p.103-114, 2004.

VIEIRA, L.B.; REIS, E.F. Máquinas para o plantio direto. Informe Agropecuário, v.22, n.208, p.44, 2001.
Publicado
2018-06-13
Como Citar
Favarato, L. F., Souza, J. L. de, Pereira, V. A., & Guarçoni, R. C. (2018). DESEMPENHO DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS PARA MANEJO DE PALHAS E PLANTIO DIRETO NA AGRICULTURA ORGÂNICA. Revista Brasileira De Agropecuária Sustentável, 8(1). https://doi.org/10.21206/rbas.v8i1.463
Seção
Artigos