Pegada Ecológica - um estudo de caso

Autores

  • Raphael Ribeiro Mantovani CAp-COLUNI
  • Lidiane Maria Ferraz Rosa

DOI:

https://doi.org/10.47328/rpv.v11i1.14129

Palavras-chave:

Estatística, Sustentabilidade, Matemática

Resumo

Tendo em vista a grande importância do desenvolvimento sustentável na atualidade, o presente projeto tem como objetivo avaliar o impacto ambiental dos estudantes do CAp-COLUNI do ano de 2020. Para tanto, foi utilizada a Pegada Ecológica (PE), uma renomada metodologia de contabilidade que utiliza um questionário virtual para obter dados de cada respondente. Assim, para coletar informações da população de estudo, as perguntas deste formulário foram copiadas para um arquivo GoogleForms, o qual foi aplicado aos alunos do CAp-COLUNI. As respostas foram salvas e individualmente copiadas ao site oficial da metodologia, permitindo que este calculasse o impacto ambiental de cada um. Como resultado, a ferramenta forneceu várias variáveis, dentre as quais destaca-se a Pegada Ecológica e a Pegada de Carbono (PC). A partir da aplicação do questionário, foram obtidas 101 respostas do total de 480 estudantes (21%). A PE média encontrada foi de 4,86 gha (hectares globais), significativamente acima da média brasileira (2,9 gha) e da área teoricamente disponível para cada indivíduo (1,8 gha). Além disso, foi notada uma forte correlação entre a Pegada Ecológica e a de Carbono. Em média, a PC foi responsável por 46% da PE dos alunos e o coeficiente de correlação de Pearson entre ambas foi 0,88. Devido a esta relação e aos altos valores da PE, conclui-se que os estilos de vida dos estudantes são altamente insustentáveis e que a redução das emissões de carbono pode ser uma medida eficiente para reverter tal quadro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-09-2022

Como Citar

RIBEIRO MANTOVANI, R.; FERRAZ ROSA, L. M. Pegada Ecológica - um estudo de caso. Revista Ponto de Vista, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 01–14, 2022. DOI: 10.47328/rpv.v11i1.14129. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/RPV/article/view/14129. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos de Iniciação Científica