Balanços e relações bibliográficas entre a formação inicial de professores e o estágio curricular supervisionado

  • Caio Corrêa Derossi
  • Alvanize Valente Fernandes Ferenc
Palavras-chave: estágio curricular supervisionado, formação inicial de professores

Resumo

O presente texto realiza um balanço bibliográfico sobre as relações entre a formação inicial e o estágio curricular supervisionado. A partir do contexto das constantes transformações que a formação de professores é inserida, bem como as exigências e as condições de trabalho docente, objetivou discutir as relações entre a formação inicial e o estágio curricular supervisionado, a partir da legislação e dos apontamentos das pesquisas analisadas. Portanto, conclui-se o texto propondo alguns limites e possibilidades do estágio, suas relações entre teoria e prática e sua importância na formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, S. B. G. O Professor Regente da Educação Básica e os Estágios Supervisionados na Formação Inicial de Professores. 2007. 121f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Departamento de Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP No. 28/2001. Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 021/2001, que estabelece a duração e a carga horária de Formação de Professores de Educação Básica, em Nível Superior, Curso de Licenciatura, de Graduação Plena. Brasília, 02 de outubro de 2001.

______. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução no 01, 18 de fevereiro de 2002: Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em:

<http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_02.pdf>.

______. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução no 02, 19 de fevereiro de 2002: Institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de formação de professores da Educação Básica em nível superior. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CP022002.pdf>.

______. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil/LEIS/L9394.htm>.

______. Lei no 6.494, de 07 de dezembro de 1977. Dispõe sobre o estágio de estudantes e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, 07 de Dez.1977. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6494.htm>.

______. Lei no 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, 26 de Set.2008. Disponível em: <http://www.normaslegais.com.br/legislacao/lei11788.htm>.

CALDERANO, Maria da Assunção (Org.). Estágio Curricular: Concepções, reflexões teórico-práticas e proposições. Juiz de Fora: Ed. UFJF, 2012.

___________________________; MARQUES, G. F. C.; MARTINS, E. B. de A. (Org.). Formação Continuada e Pesquisa Colaborativa: Tecendo relações entre a Universidade e Escola. Juiz de Fora: Ed. UFJF, 2013.

CANÁRIO, R. A prática profissional na prática de professores. In: PAIVA, B. Formação profissional de professores no ensino superior. Porto: Porto Editora, 2001. p.31-45.

CANDAU, Vera. Novos rumos da licenciatura. Pesquisa. Brasília: INEP/PUC-Rio, 1989.

DINIZ-PEREIRA, J. E. Formação de professores, trabalho docente e suas repercussões na escola e na sala de aula. Educação & Linguagem, ano 10, vol. 01, no. 15. São Bernardo do Campo: UMESP, jan.-jul. 2007. p. 82-98.

___________________. Lentes teóricas para o estudo da construção da identidade docente. Revista Educação em Perspectiva, Viçosa, vol. 07, no. 1, p. 09-34, jan./jun., 2016.

FELDKERCHER, N. O estágio curricular supervisionado como componente teórico e prático em cursos de formação inicial de professores. Revista Espaço Acadêmico, v. 5, n. 115, p. 110-116, 2010.

FERRY, G. Pedagogia de la formación. 1. Ed. Buenos Aires: Centro de Publicaciones Educativas y Material Didático, 2004.

FERNANDEZ, C.M.B.; SILVEIRA, D.N. Formação inicial de professores: desafios do estágio curricular supervisionado e territorialidades na licenciatura. In: 30a Reunião Anual da ANPED, 2007, Caxambu. Anais da 30a Reunião anual da ANPED.

GARCIA, C. M. Formação de professores: para uma mudança educativa. Tradução: Isabel Monteiro. Porto: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. A.; NUNES, M. M. R. (Org.). Relatório Final: estudo dos cursos de licenciatura no Brasil: letras, matemática e ciências biológicas. Rio de Janeiro: Fundação Carlos Chagas, 2008. 137p.

_____________; BARRETO, E. S. S. Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

GHEDIN, Evandro. A Pesquisa como Eixo Interdisciplinar no Estágio e a Formação do Professor Pesquisador-Reflexivo. Olhar de professor, Ponta Grossa, 2004. p. 59-74.

HORN, C.I. Estágio Supervisionado no curso de Pedagogia: ensaios sobre docência e prática investigativa. Revista Educação em Perspectiva, Viçosa, vol. 07, no. 1, p. 35-52, jan./jun., 2016.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: forma-se para a mudança e incerteza. São Paulo: Cortez, 2009.

LIMA, M. S. L. Estágio e Aprendizagem da Profissão Docente. Brasília: Líber Livro, 2012.

LIMA, M. S. L.; AROEIRA, K. P. O estágio curricular em colaboração, a reflexão e o registro reflexivo dos estagiários: um diálogo entre a universidade e a escola. In: GOMES, M. O. Estágios na formação de professores: possibilidades formativas entre ensino, pesquisa e extensão. São Paulo: Edições Loyola, 2011. p. 117-133.

LUDKE, Menga. Avaliação institucional: a formação de docentes para o ensino fundamental e médio (licenciaturas). In: Cadernos Crub. Brasília, vol. 01, no. 04, 1994. p.05-95.

______________; CRUZ, G. Aproximando universidade e escola básica pela pesquisa. Cadernos de Pesquisa., São Paulo, vol. 35, no. 125, mai-ago, 2005, p.81-109.

MARRAN, A. L.; LIMA, P. G. Estágio Curricular Supervisionado no Ensino Superior brasileiro: algumas reflexões. Revista e-curriculum, São Paulo, vol. 07, no. 02, 2011. Disponível em: <http://www.revistas.pucsp.br/index.php/curriculum>.

MILANESI, I.; AGUIAR, L. E. C.; MANZINI, L. C. ROCHA, M. S. O Estágio Interdisciplinar no Processo de Formação Docente. Cáceres: Unemat, 2008.

NÓVOA, Antonio (Coord.). As organizações escolares em análise. Lisboa: Publicações Dom Quixote e Instituto de Inovação Educacional, 1992.

________________. O passado e o presente dos professores. In: ___________ (Org.). Profissão Professor. Porto: Porto Editora, 2000. p. 09-32.

________________. O regresso dos professores. Comunicações da conferência: desenvolvimento profissional de professores para a qualidade e para a equidade da aprendizagem ao longo da vida. Portugal: Ministério da Educação – Direção-Geral dos Recursos Humanos da Educação, 2007, p.21-28.

________________. Os Professores e sua Formação. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

PELOZO, R. C. B. Prática de Ensino e o Estágio Supervisionado enquanto mediação entre ensino, pesquisa e extensão. Revista Científica Eletrônica de Pedagogia, Garça, v. 5, n. 10, 2007.

PERRENOUD, P. Novas competências para ensinar. Convite à viagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.

______________. Ensinar: agir na urgência, decidir na incerteza. 2 ed. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

______________. Formar professores em contextos sociais em mudança: prática reflexiva e participação crítica. Revista Brasileira de Educação. No. 12, set-dez, 1999. p.5-21.

______________. Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas. Lisboa: Publicações Dom Quixote e Instituto de Inovação Educacional, 1993.

PIMENTA, S. G. O estágio na formação de professores: Unidade Teoria e Prática? 5a ed. São Paulo: Cortez, 2002.

_____________; LIMA, M. S. L. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

_____________. Estágio e docência: diferentes concepções. Revista Poíesis, v. 3, n. 3-4, p.5-24, 2006.

PINTO, M. G. G. O lugar da prática pedagógica e dos saberes docentes na formação de professores. Acta Scientarium Education, Maringá, vol. 32, no. 01, p. 111-117, 2010.

SANTOS, H. M. dos. O Estágio Curricular na Formação de Professores: diversos olhares. In: Reunião Anual da ANPEd, 28, 2005, Caxambu. Anais da Reunião anual da ANPED.

SAVIANI, D. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação. Vol. 14, no. 40, jan./abr., 2009. p. 143-155

SCHON, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (Org.) Os professores e a sua formação. Lisboa, Dom Quixote, 1995, p. 77-91.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação. jan-abr., n. 13, 2000. p. 05-24.

__________; RAYMOND, D. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. IN: Educação e Sociedade. Ano XXI, n. 73, 2000. p. 209-244.0

__________. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

___________ et. al. Esboço da Problemática do saber docente. Teoria e Educação, vol. 01, no. 04,

, p. 215-233.

___________; LESSARD, C. As transformações atuais do ensino: três cenários possíveis na evolução da profissão professor. In: __________________ (Orgs.). O ofício de professor: histórias, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis: Vozes, 2008. p.215-233.

UNESCO. O perfil dos professores brasileiros: o que fazem, o que pensam, o que almejam. Pesquisa Nacional: São Paulo: Moderna, 2004.

ZEICHNER, K. Repensando as conexões entre a formação na universidade e as experiências de campo na formação de professores em faculdades e universidades. In: Educação. Santa Maria, vol. 35, no. 03, dez., 2010. p.479-504.

Publicado
2019-10-20
Como Citar
DEROSSI, C. C.; FERENC, A. V. F. Balanços e relações bibliográficas entre a formação inicial de professores e o estágio curricular supervisionado. REVISTA PONTO DE VISTA, v. 8, n. 1, p. 31-46, 20 out. 2019.
Seção
Artigos Científicos