Velhice e telenovela: representações da velhice antes e durante a pandemia do covid-19

A discussion on the themes of old age in the context of the Covid-19 pandemic

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31423/oikos.v32i1.10774

Palavras-chave:

velhice, narrativas audiovisuais, telenovela, conoravírus, idadismo

Resumo

Este trabalho pretende discutir aspectos da construção da narrativa áudio-ficcional sob o ponto de vista da representação em personagens idosos. Sob o contexto da pandemia do coronavírus (ou covid-19) e através do apontamento de elementos sociais e contemporâneos, analisa-se como a telenovela perpetua discursos de identidade a respeito dos idosos. Há ainda um estudo de caso da novela “A Dona do Pedaço”, produção de 2019 realizada pela TV Globo em momento imediatamente anterior à pandemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Referências
ARIÈS, Phillippe. História da morte no ocidente. Rio de Janeiro: Ediouro, 2003.
BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2004.

BOLTANSKY, Luc; CHIAPIELLO, Ève. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.

BOURDIEU, Pierre. Meditações Pascalinas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2001

CASTRO, Gisela. O envelhecimento na retórica do consumo: publicidade e idadismo no Brasil e Reino Unido. In: COMPÓS, 24., 2015, Brasília, DF. Anais… Brasília, DF: Universidade de Brasília, 2015.

CASTRO, Gisela. Precisamos discutir o idadismo na comunicação. Revista Comunicação & Educação. Ano XX, nº 2, jul/dez 2015-a.

CRARY, Jonathan. Capitalismo tardio e os fins do sono. São Paulo: Cosac & Naify, 2014.

DEBERT, G. G. A reinvenção da velhice: socialização e processos de reprivatização do envelhecimento. São Paulo: Edusp, 1999.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 3ª Edição. Petrópolis: Vozes, 1984.

GOFFMAN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Trad. Maria
Célia Santos Raposo. 8.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999

GUÉRIOS, R. P. Mansur. Tabus linguísticos. Paraná: UFPR. Revista Letras,
1955.

HALL, Stuart. Quem precisa da identidade? In: SILVA, Tomaz Tadeu (Org. e Trad.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 103-133.

___________. Da Diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.
Lopes, M. I. . Telenovela brasileira: uma narrativa sobre a nação. Comunicação & Educação, (26), pags 17-34. 2003.

MITCHELL, W.J.T. O que as imagens realmente querem? In: ALLOA, Emmanuel (org.). Pensar a imagem. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015

PONTAROLO, Regina Sviech; OLIVEIRA, Rita de Cássia da Silva. Terceira Idade: Uma breve discussão. Publ. UEPG Humanit. Sci., Appl. Soc. Sci., Linguist., Lett. Arts, Ponta Grossa, 16 (1) 115-123, jun. 2008

WILLIAMS, R. Televisão: tecnologia e forma cultural. Trad. Márcio Serelle; Mário F. I. Viggiano. 1a ed. São Paulo: Boitempo; Belo Horizonte, PUC-Minas. 2016.

Downloads

Publicado

2021-04-29

Como Citar

Moratelli, V. (2021). Velhice e telenovela: representações da velhice antes e durante a pandemia do covid-19 : A discussion on the themes of old age in the context of the Covid-19 pandemic. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 32(1), 109-126. https://doi.org/10.31423/oikos.v32i1.10774