O Programa de Assistência Estudantil: Características e Repercussões nos Indicadores Acadêmicos e nas Condições de Vida dos Beneficiários

  • Junia Zacour del Giudice Universidade Federal de Viçosa
  • Maria das Dores Saraiva Loreto Universidade Federal de Viçosa
  • Denilson Santos Azevedo Universidade Federal de Viçosa.

Resumo

A presente pesquisa teve por objetivo avaliar o Programa de Assistência Estudantil da Universidade Federal de Viçosa, campus de Viçosa, MG, enquanto processo, examinando suas repercussões nos indicadores acadêmicos, bem como a percepção dos beneficiários sobre as ações da assistência e seus reflexos em suas condições de vida. O estudo de natureza quanti-qualitatativo, fez uso de pesquisa bibliográfica e de questionário. Os resultados mostraram que estudantes em vulnerabilidade social estão tendo oportunidades de ter acesso e realizarem um curso superior, com condições de qualificação e aprimoramento do capital humano. E que a percepção dos estudantes acerca do Programa, de modo geral, revelou-se positiva quanto à interferência dos benefícios concedidos na vida familiar e em seus projetos de vida. Conclui-se que o Programa pode ser avaliado como eficaz, em função do alcance dos seus objetivos, tanto em termos do desempenho acadêmico, quanto de oportunidades sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Junia Zacour del Giudice, Universidade Federal de Viçosa
Economista Doméstica formada pela Universidade Federal de Viçosa, MG, trabalha desde 1993 nesta instituição, atualmente na Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários, com o Programa de Assistência Estudantil da UFV.
Maria das Dores Saraiva Loreto, Universidade Federal de Viçosa
Professor Associado do Departamento de Economia Doméstica da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Bacharela e Licenciada em Economia Doméstica, 1973, UFV. Bacharela em Ciências Econômicas, 1996, UFV. M.S. Economia Rural, 1976, UFV; D.S. Economia Rural, 1986, UFV.
Denilson Santos Azevedo, Universidade Federal de Viçosa.
ProfessorAdjunto IV do Departamento de Educação da Universidade Federal de Viçosa. Bacharel em História e Licenciatura Plena em História, 1985, UFRJ; Especialização em Metodologia do Ensino Superior, 1987, UFF; M.S. História da Educação, 1993, UFF; D.S. Educação, 2005, USP.

Referências

BECKER, G.S. El Capital Humano. Madrid: Alianza Editorial, 1983.

BECKER, G. S. Human capital: a theoretical and empirical analysis with special reference to education. 3. ed. Chicago: The University of Chicago, 1993.

BRASIL. Decreto nº 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil. Brasília. 2010. Disponível em: . Acesso em 02 ago. 2012.

BRASIL. Ministério da Educação e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2010. Brasília, 2011. Disponível em: . Acesso em: 02 fev. 2012.

COHEN, E.; FRANCO, R. Avaliação de Projetos Sociais. 9. Ed. – Petrópolis/RJ: Vozes, 2011.

COSTA, F. L.; CASTANHAR, J. C. Avaliação de Programas Públicos: desafios conceituais e metodológicos. Rio de Janeiro, Revista de Administração Pública, 37 (5), set./out., 2003.

FILHO, R. L. L.; MONTEJUNAS, P. R.; Hipólito, O.; LOBO, M. B. C. M. A Evasão no Ensino Público Brasileiro. Cadernos de Pesquisa, v.37, n. 132, p. 641-659, set/dez. 2007.

LOBO, M. B. C. M. Panorama da Evasão no Ensino Superior Brasileiro: Aspectos Gerais das Causas e Soluções. Instituto Lobo/Lobo e Associados Consultoria. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2012.

NASCIMENTO, V. Relatório da Pesquisa sobre o Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação das Universidades Federais Brasileiras. SIPE – Sistema de Informação do Perfil do Estudante. Brasília: ANDIFES/FONAPRACE, 2011.

SILVA, M. O. S. (org.) Avaliação de Políticas e Programas Sociais: teoria e prática. São Paulo: Veras Editora, 2001.

UFV. Universidade Federal de Viçosa. Relatórios Anuais. Viçosa, MG: 2007 a 2011.

ZAMBERLAN, C. O.; POZZOBON, I. M. Evasão do Capital Intelectual das Universidades Públicas: estudo na Universidade Federal de Santa Maria. Revista ADM. MADE, ano 10, v. 14, n. 2, p. 95-109, maio/agosto, 2010.
Publicado
2013-10-18
Como Citar
del Giudice, J. Z., Loreto, M. das D. S., & Azevedo, D. S. (2013). O Programa de Assistência Estudantil: Características e Repercussões nos Indicadores Acadêmicos e nas Condições de Vida dos Beneficiários. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 24(2), 038-067. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3672
Seção
Artigos