Percepções sobre mudanças na qualidade de vida: um estudo com egressos do PROEJA/IFMG campus Bambuí

Helainne Vianey Gomes de Oliveira, Lourdes Helena Silva, Maria das Dores Saraiva de Loreto

Resumo


Este estudo buscou analisar as percepções dos egressos do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação  Básica   na    Modalidade   de   Educação de   Jovens  e Adultos – PROEJA sobre as mudanças ocorridas em suas vidas, particularmente em relação à qualidade de vida deles e de suas famílias, pelo ingresso no Programa. O delineamento da pesquisa seguiu a abordagem qualitativa. Os procedimentos metodológicos utilizados consistiram de pesquisa documental, complementada com entrevista semi-estruturada, realizada com 31 egressos do PROEJA do IFMG Campus Bambuí, oriundos dos cursos técnicos em Gestão Comercial, Mecânica Agrícola e Mecânica Automotiva. Os dados obtidos foram analisados por meio do Método de Análise de Conteúdo, mediante categorias temáticas previamente definidas a partir de indicadores empíricos e teóricos. Do ponto de vista da influência do PROEJA na melhoria da qualidade de vida, a pesquisa revelou que os egressos perceberam melhorias, principalmente, nas dimensões social, intelectual e emocional.

Palavras-chave: PROEJA, Egressos, Família, Qualidade de Vida


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais