NOTA TÉCNICA: MAPEAMENTO DA VARIABILIDADE ESPACIAL DO BRIX EM CANA-DE-AÇÚCAR

Autores

  • Carlos Alberto Alves Varella
  • Vinicius Rios Barros
  • Murilo Mesquita Baesso

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v20i2.246

Palavras-chave:

Agricultura de precisão, manejo da cana-de-açúcar, mapas

Resumo

Este trabalho teve como objetivo propor uma metodologia para mapear a variabilidade espacial do brix na cultura da cana-de-açúcar. Os dados foram coletados na Usina Paineiras S.A., localizada em Itapemirim, ES. As leituras de brix foram obtidas em uma área de 1 ha. As análises geoestatísticas foram feitas no programa computacional Arcgis 9.2®. Foram testados modelos circular, esférico, exponencial e gaussiano com o método de interpolação por krigagem. O modelo gaussiano foi selecionado conforme metodologia proposta neste trabalho. Obteve-se um mapa temático da variabilidade espacial do brix que poderá auxiliar no manejo da cultura da cana-de-açúcar, detectando falhas e fatores limitantes da produtividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-27

Como Citar

Varella, C. A. A., Barros, V. R., & Baesso, M. M. (2012). NOTA TÉCNICA: MAPEAMENTO DA VARIABILIDADE ESPACIAL DO BRIX EM CANA-DE-AÇÚCAR. Revista Engenharia Na Agricultura - REVENG, 20(2), 112–117. https://doi.org/10.13083/reveng.v20i2.246

Edição

Seção

Mecanização Agrícola

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.