DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CAPIM NAPIER (Pennisetum purpureum) CULTIVADO EM SISTEMAS ALAGADOS CONSTRUÍDOS

  • Antonio Teixeira de Matos
  • Sérgio Silva Abrahão
  • Odilon Gomes Pereira
Palavras-chave: wetlands construídos, águas residuárias, leitos cultivados, processamento do leite

Resumo

O objetivo, com a realização deste trabalho, foi estudar o desempenho de Sistemas Alagados Construídos (SACs), cultivados com capim elefante cv. Napier (Pennisetum purpureum), submetidos a diferentes taxas de carregamento orgânico (TCOs), proporcionadas pela aplicação de águas residuárias da indústria de laticínios (ARL), nas condições climáticas de Viçosa - MG. A infraestrutura experimental foi constituída por cinco SACs com fluxo subsuperficial horizontal, constituídos por tanques de 0,40 x 0,75 x 3,00 m, impermeabilizados e preenchidos com brita zero e profundidade do leito filtrante de 0,33 m. A ARL foi aplicada nos SACs de forma a promover seu escoamento de forma subsuperficial, com vazão média de 60 L.d-1 e tempo de detenção hidráulica igual a 4,8 dias. As TCOs aplicadas foram de 66, 130, 190, 320 e 570 kg.ha-1.d-1 de DBO. O capim Napier se adaptou bem aos SACs, apresentando bom enraizamento, embora predominantemente superficial, grande produtividade e capacidade de remover nutrientes, especialmente nitrogênio e potássio da ARL.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Matos, A. T. de, Abrahão, S. S., & Pereira, O. G. (1). DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CAPIM NAPIER (Pennisetum purpureum) CULTIVADO EM SISTEMAS ALAGADOS CONSTRUÍDOS. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 19(5), 469-477. https://doi.org/10.13083/reveng.v19i5.335
Seção
Recursos Hídricos e Ambientais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>