EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE POTÁSSIO NA EFICIÊNCIA DO EXTRATO DE SEMENTES DE MORINGA COMO AGENTE COAGULANTE

  • Mateus Pimentel de Matos
  • Ivan Célio Andrade Ribeiro
  • Ana Paula da Silva Batista
  • Edson Faria da Silva
Palavras-chave: coagulação, dispersão, turbidez.

Resumo

Estudos indicam que sais potencializam o efeito coagulante do extrato de sementes de moringa (Moringa oleifera), tendo sido obtidos resultados satisfatórios quando preparado em solução de cloreto de sódio e hidróxido de cálcio. Entretanto, a presença de íons monovalentes em águas residuárias pode favorecer a dispersão dos sólidos, impedindo a formação de flocos e a sedimentação dos sólidos, reduzindo a eficiência de redução na turbidez. Sabe-se que o efluente de filtros orgânicos, gerado, por exemplo, quando se utiliza serragem de madeira como material filtrante, e águas residuárias como as do processamento do fruto do cafeeiro e vinhaça, apresentam altas concentrações do íon monovalente potássio. No presente trabalho, objetivou-se avaliar a eficiência do extrato de sementes de moringa, como agente coagulante, na remoção de turbidez de água (turbidez de 106 UNT) com concentrações de potássio de 0 a 375 mg L-1. Verificou-se que o potássio, quando presente em concentrações de até 2 mg L-1, proporcionou efeito dispersivo no material sólido em suspensão, entretanto, a partir daí, crescente eficiência na coagulação dos sólidos presentes e, consequentemente, redução na turbidez da água.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-10-09
Como Citar
Matos, M. P. de, Ribeiro, I. C. A., Batista, A. P. da S., & Silva, E. F. da. (2013). EFEITO DA CONCENTRAÇÃO DE POTÁSSIO NA EFICIÊNCIA DO EXTRATO DE SEMENTES DE MORINGA COMO AGENTE COAGULANTE. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 21(5), 476-481. https://doi.org/10.13083/reveng.v21i5.367
Seção
Recursos Hídricos e Ambientais

Most read articles by the same author(s)