MONITORAMENTO DA SECA 2011/2012 NO NORDESTE BRASILEIRO A PARTIR DO SATÉLITE SPOT-VEGETATION E TRMM - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n03a03

  • Janice Freitas Leivas
  • Ricardo Guimarães Andrade
  • Daniel de Castro Victoria
  • Fabio Enrique Torresan
  • Edson Luis Bolfe
Palavras-chave: Análise espaço-temporal, geotecnologia, eventos extremos

Resumo

A seca afeta várias partes do mundo e provoca impactos sociais, econômicos e ambientais. O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento do Índice de Vegetação Padronizado (IVP), obtido a partir do produto NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) decendial do satélite SPOT-Vegetation, para o monitoramento da seca no nordeste brasileiro, a partir da série histórica de 1998 a 2012. Para subsidiar os resultados foi realizada a padronização dos dados de precipitação obtidos do satélite TRMM (Tropical Rainfall Measuring Mission), de março de 2011 a março de 2012. A partir de dezembro de 2011, observa-se que a precipitação ficou abaixo do normal na maior parte do nordeste brasileiro, acarretando diminuição do IVP em toda a região estudada. Fatores como o posicionamento da Zona de Convergência Intertropical e El Niño influenciaram no regime de chuvas da região. Os resultados são satisfatórios, indicando a ocorrência de intensa seca no nordeste brasileiro, sendo observada variabilidade do IVP e defasagem na resposta da vegetação à precipitação estimada a partir do TRMM. As análises comprovam que o IVP mostrou-se eficaz no monitoramento das secas na região nordeste do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-07-02
Como Citar
Leivas, J. F., Andrade, R. G., Victoria, D. de C., Torresan, F. E., & Bolfe, E. L. (2014). MONITORAMENTO DA SECA 2011/2012 NO NORDESTE BRASILEIRO A PARTIR DO SATÉLITE SPOT-VEGETATION E TRMM - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n03a03. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 22(3), 211-221. https://doi.org/10.13083/reveng.v22i3.454
Seção
Meteorologia Aplicada