INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO: ANÁLISE DE UM ÓRGÃO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE E ESTUDO DE CASOS

Autores

  • Eduardo da Silva Fernandes Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Fábio Antônio Dalla Vecchia
  • Rafael Volquind https://orcid.org/0000-0001-6619-4256
  • Bruna Dones Gayer

DOI:

https://doi.org/10.18540/jcecvl6iss1pp0092-0097

Palavras-chave:

Inovação no setor público, Capacidade Absortiva, Cultura Inovativa

Resumo

A inovação tem se tornado cada vez mais comum no setor público, desde pequenas adaptações de procedimentos, até adoção e instalação de complexos sistemas de tecnologia da informação. Este estudo buscou analisar as características de um órgão público de meio ambiente em relação a temas inerentes à inovação, como sistema de inovação, cultura inovativa, capacidade absortiva e apropriabilidade. A pesquisa analisou dois estudos de caso da organização. Os resultados encontrados apontaram que o órgão não possui sistema de inovação formalizado, mas dispõe de cultura inovativa oriunda tanto da alta gestão como da área operacional. Também se concluiu que a capacidade absortiva é o principal fator explorado na busca por melhorias através da inovação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-02-27

Como Citar

da Silva Fernandes, E., Fábio Antônio Dalla Vecchia, Rafael Volquind, & Bruna Dones Gayer. (2020). INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO: ANÁLISE DE UM ÓRGÃO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE E ESTUDO DE CASOS. The Journal of Engineering and Exact Sciences, 6(1), 0092-0097. https://doi.org/10.18540/jcecvl6iss1pp0092-0097

Edição

Seção

General Articles