CARATERIZAÇÃO MORFOMÉTRICA DOS FRUTOS DE PIMENTAS MALAGUETA E BIQUINHO

Haynna Fernandes Abud, Roberto Fontes Araujo, Cleide Maria Ferreira Pinto, Eduardo Fontes Araujo, Alisson Vinicius Araujo, Jussara Aparecida dos Santos

Resumo


Objetivou-se avaliar as características morfométricas dos frutos das pimentas Malagueta e Biquinho, de acordo com o estádio de maturação. Foram colhidos frutos aos 25, 40, 55, 70, 85 e 100 dias após a antese (DAA) e classificados quanto ao seu estádio fenológico com base na coloração do exocarpo. Em seguida, foram realizadas determinações morfométricas, mensurando-se a massa, o comprimento, o diâmetro, a espessura do pericarpo. Foram estimados os coeficientes de correlação de Pearson entre as quatro variáveis analisadas. A massa de matéria seca também foi determinada. Existe correlação positiva entre as variáveis morfométricas massa, comprimento, diâmetro e espessura do pericarpo de frutos para as duas espécies. Os frutos da pimentamalagueta apresentavam-se completamente verdes aos 25 e 40 DAA, enquanto os da pimenta-biquinho aos 25 DAA. As alterações na coloração do exocarpo, para a cor laranja, foi observada aos 40 DAA para a pimentabiquinho e aos 55 DAA para a pimenta-malagueta. Aos 70 e 85 DAA, o exocarpo apresentava a coloração vermelha, sendo intensificada aos 100 DAA. Durante a maturação dos frutos das pimentas Malagueta e Biquinho ocorrem acréscimos nos valores das variáveis morfométricas até determinada época de maturidade e, em seguida, são observadas reduções.


Palavras-chave


Capsicum frutescens L., Capsicum chinense Jacq; morfometria, maturidade fisiológica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v8i2.478

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2236-9724, ISSN Impresso 2317-5818, ISSN Cd rom 2178-5317