EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E HOMOAFETIVIDADE: RELATO DAS CONCEPÇÕES DOS ALUNOS E DEBATE ACERCA DO TEMA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18540/revesvl3iss3pp0084-0090

Palavras-chave:

Educação de jovens e adultos. Homoafetividade. Diálogo.

Resumo

Um professor de Geografia da Rede Estadual (RJ), introduziu o conteúdo relacionado aos movimentos sociais que incluiu importantes lutas, como da etnia afro-brasileira, da comunidade LGBT, do movimento sem-terra, do movimento passe livre e outros. Solicitou que sua turma da EJA se organizasse em grupos para que os mesmos optassem em pesquisar e apresentar um dos movimentos. Observou-se que ao final das escolhas dos temas, nenhum grupo havia demonstrado interesse em apresentar o movimento LGBT. Esse trabalho objetiva narrar e problematizar a interferência pedagógica do professor, após propor um diálogo com seus alunos acerca da homoafetividade, ao ressaltar o espaço de sala de aula enquanto lócus favorável à reflexão e ao combate a toda expressão de preconceito. Utilizou-se como aparato teórico-metodológico os estudos de Louro. Após o tema ser discutido, os (as)alunos (as) passaram a apresentar discurso favorável à diversidade de gênero. A intervenção proposta pelo professor mostrou que suas concepções negativas acerca da homoafetividade eram resultantes da falta de informação, estudo e diálogo acerca do tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-20

Como Citar

SANTOS, T. M. D. dos. EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E HOMOAFETIVIDADE: RELATO DAS CONCEPÇÕES DOS ALUNOS E DEBATE ACERCA DO TEMA. REVES - Revista Relações Sociais, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 0084-0090, 2020. DOI: 10.18540/revesvl3iss3pp0084-0090. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/reves/article/view/9651. Acesso em: 22 out. 2020.

Edição

Seção

General Papers/Artigos