Impactos nas condições higiênicossanitárias dos comércios varejistas de frutas e hortaliças em comunidades do Rio de Janeiro-RJ

Autores

  • Fernanda Travassos de Castro Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - Colégio Técnico
  • Silvana Pedroso de Oliveira possui graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas (1983), graduação em História pela Universidade Estadual de Campinas (1988), mestrado em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas (1988), mestrado em Recherches Comparatives Sur Le Développement - Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (1991), doutorado em Socio Économie Du Développement - Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (1995), com diploma revalidado pela Universidade de São Paulo para Saúde Pública - Nutrição e pós-doutorado em Nutrição pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é pesquisador III da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Agroindústria de Alimentos). Tem experiência na área de Nutrição, com ênfase em Análise Nutricional de População, atuando principalmente nos seguintes temas: consumo alimentar, segurança alimentar, oferta de alimentos e consumo de frutas e hortaliças.
  • Katia Cilene Tabai Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Resumo

O consumo de frutas e hortaliças contaminadas pode ocasionar prejuízos relevantes à saúde pública. Avaliou-se a eficiência das ações de intervenção para a promoção da comercialização segura de hortifrutícolas em 16 pontos de venda de frutas e hortaliças, localizados em comunidades de bairros da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro. Os resultados obtidos sobre os aspectos sanitários revelaram que o manuseio de frutas e hortaliças ocorria de forma inadequada, em todos os pontos de venda, assim como o asseio pessoal, que não foi melhorado após a intervenção. Os locais realizavam comercialização de produtos fracionados e os expunham indevidamente (100,0%). Sugerem-se, para melhoria dos aspectos higiênicossanitários, capacitação e, principalmente, monitoramento das atividades exercidas por responsável técnico, a fim de garantir a oferta segura de frutas e hortaliças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Travassos de Castro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - Colégio Técnico

Doutora em Ciência e Tecnologia de Alimentos pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal Rural de Rio de Janeiro e Professora do Curso de Hospedagem do Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ.

Katia Cilene Tabai, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Doutora e mestre em Alimentos e Nutrição pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, fez pós-doutorado no Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - ESALQ/ Universidade de São Paulo - USP, onde também cursou a graduação em Economista Doméstica. Atua como professora associada III no Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ. Tem experiência na área de Políticas públicas de alimentação e nutrição, com ênfase em Segurança Alimentar e Nutricional.

Referências

AZEREDO, D. R. P. Inocuidade dos alimentos. São Paulo: Atheneu. 2016. v. 1, 338 p. (No prelo).

BRASIL. Ministério da Saúde. Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004. Dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 16 Set. 2004. Disponível em:<http://www.mds.gov.br/sobreoministerio/legislacao/segurancaalimentar/resolucoes/2004/Resolucao%20RDC%20no%20216%20de%2015%20de%20setembro%20de%202004%20-%20Anvisa.pdf/view>. Acesso em: 3 Jun. 2011.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa. Minuta do anexo sobre hortaliças folhosas frescas (ao código de práticas de higiene para frutas e hortaliças frescas) (At Step 3). 2009. 31 p. Disponível em: <http://www.codeagro.sp.gov.br/camaras.../hortalicas.../anexo001.pp>. Acesso em: 11 Dez. 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde/Secretaria de Atenção à Saúde/Departamento de Atenção Básica. 2014. 156 p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Posicionamento do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva Acerca dos Agrotóxicos. [citado em: 2015 Abril 08]. Disponível em: <http://www1.inca.gov.br/inca/Arquivos/comunicacao/posicionamento_do_inca_sobre_os_agrotoxicos_06_abr_15.pdf>.

CASTRO, F. T.; BARBOSA, C.; GOES, H. A.; TABAI, K. C.; OLIVEIRA, S. P.; MENDES, L. L.; PENHA, E. M.; MATTA, V. M. Fruits and vegetable commercialization: actions in points-of-sale of the West Zone of Rio de Janeiro city, Brazil. Acta Horticulturae, v. 1040, p. 49-52, 2014a.

CASTRO, F. T. Comércio de frutas e hortaliças em prol da segurança do alimento em comunidades da Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ). Rio de Janeiro, 2011. 192 f. Tese (Doutorado) – Curso de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

CASTRO, F. T.; OLIVEIRA, S. P.; TABAI, K. C. Comércio de frutas e hortaliças em prol da segurança do alimento em comunidades da Zona Oeste do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Novas Edições Acadêmicas, 2016.

CASTRO, F. T.; OLIVEIRA, S. P.; GOES, H. A.; TABAI, K. C. Ações de intervenção para promoção do consumo seguro de frutas e hortaliças em pontos de venda da zona oeste do Rio de Janeiro. Oikos, Viçosa, MG, v. 24, p. 4-30, 2013.

CASTRO, F. T.; OLIVEIRA, S. P.; TABAI, K. C. Consumo de frutas e hortaliças e seus fatores determinantes. In: KUROZAWA, L. E.; COSTA, S. R. R. (Org.). Tendências e inovações em ciência, tecnologia e engenharia de alimentos. São Paulo: Atheneu, 2014b.

CRUZ, J. Consumidores de baixa renda avaliam melhor a segurança dos alimentos. Diário da Saúde [online], 14 Set. 2010. Disponível em: <http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=avaliacao-seguranca-alimentos&id=5672>. Acesso em: 9 Set. 2010.

ESTEVES, F. A. M.; FIGUEIRÔA, E. O. Detecção de enteroparasitas em hortaliças comercializadas em feiras livres do município de Caruaru (PE). Revista Baiana de Saúde Pública, Rio Vermelho, v. 33, n. 2, p. 184-193, Abr. 2010.

IWAMI, A.; FERREIRA, C. P.; DINNOUTI, L. A.; BUENO, F.; ARAÚJO, R. M.; GONSALVES, T.; SANTIAGO, T. Manual de uso correto e seguro de produtos fitossanitários – Agrotóxicos. 3. ed. São Paulo: Linea Creativa, 2010. 28 p. Disponível em: <http://www.andef.com.br/manuais/arquivos/ManualUCS.pdf>. Acesso em: 12 Set. 2011.

JAIME, P. C.; MACHADO, F. M. S.; WESTPHAL, M. F.; MONTEIRO, C. A. Educação nutricional e consumo de frutas e hortaliças: ensaio comunitário controlado. Revista Saúde Pública, São Paulo, v. 41, n. 1, p. 154-157, Fev. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rsp/v41n1/5823.pdf>. Acesso em: 3 Jun. 2011.

MATTOS, L. M.; MORETTI, C. L.; MOURA, M. A.; MALDONADE, I. R.; SILVA, E. Y. Y. Produção segura e rastreabilidade de hortaliças. Horticultura Brasileira, Campinas, SP, v. 27, n. 4, p. 408-413, Dez. 2009.

NETO, F. N. Boas práticas de pós-colheita de frutas e hortaliças na agricultura familiar. 2006. Disponível em: <http://www.ceasa.gov.br/dados/publicacao/pub09.pdf>. Acesso em: 10 Out. 2010.

OLIVEIRA, S. P.; CASTRO, F. T.; TABAI, K. C.; BARBOSA, C.; MENDES, L. L.; PENHA, E. M.; GOES, H. A. Manual para comerciantes e manipuladores de frutas, legumes e verduras: três passos para o sucesso das vendas. 1. ed. Rio de Janeiro:
Embrapa, 2008. 28 p.

PALOVIITA, A. Consumers’ sustainability perceptions of the supply chain of locally produced food. Sustainability [online], v. 2, n. 6, p. 1492-1509, 1o Jun. 2010. Disponível em: <http://www.mdpi.com/2071-1050/2/6/1492>. Acesso em: 22 Mar. 2011.

PORTUGAL, M.; TABAI, K. C. Alimentação escolar no município de Piraí-RJ: aspectos higiênico-sanitários. Rev. de Ciên. da Vida, Rio de Janeiro, EDUR, v. 31, n. 2, p. 5-24, 2011.

PIN, F.; TOGNON, J. H. Contaminação biológica: o risco invisível na era do alimento seguro. Hortifruti Brasil, Piracicaba, v. 6, n. 59, p. 6-10, Jul. 2007.

Downloads

Publicado

2017-06-25

Como Citar

Castro, F. T. de, Oliveira, S. P. de, & Tabai, K. C. (2017). Impactos nas condições higiênicossanitárias dos comércios varejistas de frutas e hortaliças em comunidades do Rio de Janeiro-RJ. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 28(1), 201-223. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3728

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)