Contexto sócio histórico das políticas de assistência a infância no Brasil: da caridade ao direito

  • Joseana Maria Saraiva Universidade Federal Rural de Pernambuco/ Departamento de Ciências Domésticas
Palavras-chave: Política social, Assistência Social, Infância

Resumo

Este estudo tem como objetivo refletir questões acerca da origem, das formas e dos modelos das políticas de assistência à criança no Brasil, considerando o contexto social, econômico, político e cultural em que surgem e evoluem. Trata-se de uma pesquisa teórica, para qual se utilizou revisão bibliográfica, valendo-se das contribuições dos diversos autores que tratam do assunto. Sobressai a compreensão da relação entre Estado / sociedade na provisão da assistência à criança, objeto das iniciativas não governamentais, das instituições religiosas, das organizações filantrópicas e do setor privado através de associações e movimentos organizados que encontram na assistência à infância razão para sua institucionalização. Apesar dos avanços na legislação que institui a criança como sujeito de direito, os estudos revelam as carências enfrentadas pelos equipamentos e os serviços sociais de atendimento a infância, particularizando, as instituições de Educação Infantil. Apesar de necessários ao desenvolvimento integral da criança e da demanda cada vez maior, quando o foco é a assistência as classes menos favorecidas, os estudos têm mostrado a insuficiência da infraestrutura física e material, além da baixa qualidade dos serviços prestados por essas instituições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joseana Maria Saraiva, Universidade Federal Rural de Pernambuco/ Departamento de Ciências Domésticas

Formada em Economia Doméstica pela UFC. Especialização em Metodologia da Pesquisa Social pela UFC. Mestre em Nutrição Saúde Pública / UFPE. Doutorado em Serviço Social / UFPE.

Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas Para Infância e Adolescência - NEPIAD

Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Consumo, Envelhecimento e Qualidade de Vida./ UFRPE

Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa Sociais e Direitos Sociais - UFPE;

Membro do Núcleo de Estudos de Consumo e Economia familiar - NECEF/ UFRPE

Professora do Departamento de Ciências Domésticas, responsáveis pelas Disciplinas:

1.Administração de Serviços de Alimentação, de hotelaria e outros segmentos do setor de Turismo;

2.Administração de Serviços de atendimento à criança de 0 a 6 anos.

Pesquisadora do CNPq e da FACEPE;

Projetos de pesquisa e extensão aprovados no BNB: FACEPE; CNPq;MEC.

Autora de três livros:

O profissional de hotelaria e empresa similar: o ser, o saber e o saber fazer. Editora Bagaço, 2009.

A lógica do capital e do Estado na provisão do consumo coletivo: uma experiência de responsabilidade social no campo da assistencia à criança. Editora de UFPE, Recife, 2015.

O consumo no contexto da familia, da infância e da adolescência. Editora da UFRPE. Recife, 2016.

Publicado
2019-03-17
Como Citar
Saraiva, J. M. (2019). Contexto sócio histórico das políticas de assistência a infância no Brasil: da caridade ao direito. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 30(1), 144-167. https://doi.org/10.31423/oikos.v30i1.3807