ALTERAÇÕES NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO MATERIAL ORGÂNICO SUBMETIDO AO PROCESSO DE COMPOSTAGEM

  • Denis Leocádio Teixeira
  • Antonio Teixeira de Matos
  • Evandro de Castro Melo
Palavras-chave: resíduos sólidos, leiras estáticas aeradas, demanda de potência

Resumo

Neste trabalho, teve-se como objetivo avaliar as alterações físicas do material orgânico proporcionadas pelo processo de compostagem por leiras estáticas aeradas. Os resíduos utilizados foram constituídos pelas misturas dos agentes estruturantes bagaço de cana-de-açúcar e palha de café com cama de frango, com o objetivo de obter relações C/N iniciais de 25/1. O material foi compostado, utilizando-se o sistema de leiras estáticas aeradas, por 30 dias, período de tempo em que se observou o final da fase termofílica. O processo de compostagem contribui para aumento da massa específica seca dos materiais em, aproximadamente, 12 e 13%, respectivamente nos compostos que tinham o bagaço de cana-de-açúcar e a palha de café como agentes estruturantes. O volume inicial do material decresceu 60% na mistura cujo agente estruturante era o bagaço de cana-de-açúcar e 36% quando utilizado a palha de café. A potência demandada pelo ventilador para superar a queda na pressão estática do ar ao atravessar a camada de material diminuiu com a compostagem, em decorrência da maior granulação do material.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-05-04
Como Citar
Teixeira, D. L., Matos, A. T. de, & Melo, E. de C. (2016). ALTERAÇÕES NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO MATERIAL ORGÂNICO SUBMETIDO AO PROCESSO DE COMPOSTAGEM. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 24(1), 41-49. https://doi.org/10.13083/reveng.v24i1.616
Seção
Armazenamento e Processamento de Produtos Agrícolas

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>