ESTUDO DO ÓLEO ESSENCIAL DAS FOLHAS DE GUACO SUBMETIDAS A DIFERENTES TEMPERATURAS DO AR DE SECAGEM

Autores

  • Lauri Lourenço Radünz
  • Evandro de Castro Melo
  • Ronicely Pereira Rocha
  • Pedro Amorim Berbert
  • Luiz Manuel Navas Gracia

DOI:

https://doi.org/10.13083/reveng.v18i3.178

Palavras-chave:

Plantas Medicinais, Secagem, Armazenamento

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a influência da temperatura do ar de secagem sobre o teor e composição química do óleo essencial extraído de guaco. Seis tratamentos de secagem foram utilizados: ar ambiente e ar aquecido a 40, 50, 60, 70 e 80º C. O conteúdo de óleo essencial, após secagem, foi comparado com os valores obtidos a partir da planta fresca (testemunha). A extração do óleo essencial foi realizada por hidrodestilação. A partir dos resultados obtidos, podese concluir que a temperatura do ar de secagem a 50º C proporcionaram os melhores resultados para a extração do óleo essencial em folhas de guaco, apesar de que os perfis cromatográficos do óleo mostraram alterações em comparação com o obtido da planta fresca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-23

Como Citar

Radünz, L. L., Melo, E. de C., Rocha, R. P., Berbert, P. A., & Gracia, L. M. N. (2010). ESTUDO DO ÓLEO ESSENCIAL DAS FOLHAS DE GUACO SUBMETIDAS A DIFERENTES TEMPERATURAS DO AR DE SECAGEM. Revista Engenharia Na Agricultura - Reveng, 18(3), 241-247. https://doi.org/10.13083/reveng.v18i3.178

Edição

Seção

.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)