NOTA TÉCNICA: EFEITO DA TEMPERATURA DO AR DE SECAGEM SOBRE A QUALIDADE DO ÓLEO ESSENCIAL DE MIKANIA GLOMERATA - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n03a06

  • Ronicely Pereira Rocha
  • Evandro de Castro Melo
  • Luiz Cláudio de Almeida Barbosa
  • Lauri Lourenço Radunz
Palavras-chave: dryer, guaco, medicinal plants

Resumo

Este estudo objetivou avaliar a influência da temperatura do ar de secagem sobre o teor de óleo essencial extraído de guaco. Os testes de secagem foram realizados em um secador de leito fixo, o qual contém 4 bandejas perfuradas com fluxo de ar ascendente. Os tratamentos consistiram de cinco temperaturas do ar de secagem (ar ambiente e ar aquecido a 40, 55, 70 e 85oC), com três repetições, utilizando-se 850 g de folhas frescas de guaco. As folhas de guaco foram secas até atingir um teor de água final de, aproximadamente, 10% b.u. A velocidade do ar de secagem foi de 0,5 m s-1. A extração do óleo essencial foi realizada por hidrodestilação, usando o equipamento Clevenger. Os resultados do teor de óleo essencial mostraram que as temperaturas do ar de secagem de 55 até 85oC não influenciaram estatisticamente a quantidade de óleo essencial extraído. O perfil cromatográfico do óleo essencial apresentou mudanças em função dos tratamentos de secagem, quando comparados com a planta in natura (testemunha).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-07-03
Como Citar
Rocha, R. P., Melo, E. de C., Barbosa, L. C. de A., & Radunz, L. L. (2014). NOTA TÉCNICA: EFEITO DA TEMPERATURA DO AR DE SECAGEM SOBRE A QUALIDADE DO ÓLEO ESSENCIAL DE MIKANIA GLOMERATA - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n03a06. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 22(3), 239-245. https://doi.org/10.13083/reveng.v22i3.307
Seção
Armazenamento e Processamento de Produtos Agrícolas

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##