AVALIAÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DE CARQUEJA

  • Lauri Lourenço Radünz
  • Antônio Sergio do Amaral
  • Altemir José Mossi
  • Evandro de Castro Melo
  • Ronicely Pereira Rocha
Palavras-chave: plantas medicinais, Baccharis trimera, modelos matemáticos

Resumo

Este trabalho teve por objetivo estudar a cinética de secagem de carqueja, submetida a diferentes temperaturas do ar e posterior ajuste dos dados experimentais a diferentes modelos matemáticos. Para condução do experimento de secagem foram utilizados seis secadores de bandejas, empregando-se as temperaturas de 40, 50, 60, 70, 80 e 90 ºC. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições, colocando-se 800 g de folhas frescas em cada bandeja. Para o ajuste dos modelos matemáticos aos dados experimentais, realizou-se análise de regressão não linear, pelo método Quasi-Newton, sendo os valores dos parâmetros dos modelos estimados em função da temperatura do ar de secagem. Os resultados mostraram que o modelo de Midilli et al. apresentou ajuste adequado aos dados experimentais, para toda a faixa de temperatura estudada (de 40 a 90 ºC), e o modelo de Page apresentou ajuste adequado aos dados experimentais apenas para a faixa de temperatura de 60 a 90 ºC.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-01-26
Como Citar
Radünz, L. L., Amaral, A. S. do, Mossi, A. J., Melo, E. de C., & Rocha, R. P. (2011). AVALIAÇÃO DA CINÉTICA DE SECAGEM DE CARQUEJA. REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA - REVENG, 19(1), 19-27. https://doi.org/10.13083/reveng.v19i1.147
Seção
.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##