Uso cotidiano de produtos no âmbito doméstico: interface empresa e economia familiar

Amélia Carla Sobrinho Bifano

Resumo


A proposta do artigo é apresentar uma abordagem teórica para o estudo de produtos eletrodomésticos e sua utilização cotidiana pelas pessoas. Entende-se economia familiar como área de conhecimento que deve se preocupar com a satisfação dos sujeitos na aquisição, na alocação adequada de recursos, e no uso de produtos em seu cotidiano, a partir das avaliações em termos de segurança e êxito na utilização, atualmente demandadas pelas empresas e organismos governamentais e não governamentais. As primeiras buscam ciar vantagem competitiva; as segundas, resguardar os direitos do consumidor em suas relações de consumo. Um conjunto de conhecimentos foi construído e sistematizado respondendo às questões: como se dá a prática das pessoas e suas ações instrumentalizadas pelos produtos, quais processos individuais estão a ela relacionados e como se constituem. A ideia é disponibilizar um instrumental de base para pesquisas e prática, bem como mostrar a interface da economia familiar com as empresas/instituições.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais