Programa lares habitação popular: transformações na vida das mulheres beneficiadas

Autores

  • Myriam Marta Soares Universidade Federal de Viçosa
  • Suely de Fátima Ramos Silveira
  • Marco Aurélio Marques Ferreira

Resumo

Neste artigo, analisou-se o Programa Lares – Habitação Popular (PLHP), programa estadual para redução do déficit habitacional, o qual contribui para o empoderamento feminino, no caso das mulheres beneficiadas na Zona da Mata mineira. Embora não seja um programa direcionado para as mulheres, aquelas que são chefes de família têm prioridade para o recebimento da casa. Nesta análise foram entrevistadas 236 beneficiárias do PLHP em 17 municípios, utilizando-se a Estatística Descritiva e o teste de confiabilidade Alfa de Cronbach, para validação do constructo Empoderamento. Com o intuito de verificar se existe diferença entre o nível médio de empoderamento do grupo de mulheres mutuárias e o de beneficiárias, foi realizado o teste não paramétrico U de Mann-Whitney, para amostras independentes. Os resultados indicaram que o empoderamento das mulheres em seu sentido transformador foi expressivo, podendo-se sugerir que o PLHP, ao proporcionar condição de moradia digna, contribui para o processo de empoderamento feminino.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Myriam Marta Soares, Universidade Federal de Viçosa

Myriam Marta Soares de Mello, Mestranda em Administração Pública pela Universidade Federal de Viçosa.

Suely de Fátima Ramos Silveira, Professora do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Marco Aurélio Marques Ferreira, Pós-Doutorado em Administração Pública por Rutgers University - The State University of New Jersey ? USA (2011). Possui graduação em Administração (2000) e Doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa -UFV (2005). Bolsista de produtividade do CNPq, Membro da Câmara CSA de Assessoramento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG).

 

Referências

AZEVEDO, S. D.; ANDRADE, L. A. G. D. Habitação e poder da fundação da Casa Popular ao Banco Nacional de Habitação. Rio de Janeiro: Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2011.

BISQUERRA, R.; SARRIERA, J. C.; MARTÍNEZ, F. Introdução à estatística. Porto Alegre: Artmed, 2004. 255 p.

BRASIL. Ministério das Cidades. Secretaria Nacional de Habitação. Déficit habitacional no Brasil 2008. Brasília: Ministério das Cidades, 2011.

______. Déficit habitacional no Brasil 2007. Brasília: Ministério das Cidades/Secretaria Nacional de Habitação, 2009.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 2002.

CHURCHILL JR., G. A. A paradigm for developing better measures of marketing constructs. Journal of Marketing Research, v. 16, p. 64-73, Fev. 1979.

COHAB-MG. Companhia Habitacional do Estado de Minas Gerais. Disponível em: <http://www.cohab.mg.gov.br/mulheres>. Acesso em: 15 Nov. 2015.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. 10. ed. Porto Alegre: Bookman, 2003.

DRUMOND, A. M. Análise do programa lares habitação popular do Estado de Minas Gerais a partir da perspectiva do policy cycle. 2014. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 2014.

DRUMOND, A. M.; SILVEIRA, S. D. F. R.; SILVA, E. A. Predominância ou coexistência? Modelos de administração pública brasileira na Política Nacional de Habitação. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, p. 3-25, Jan./Fev. 2014.

DYE, T. R. Understanding public policy. 12th. ed. New Jersey: Pearson Education, Upper Saddle River, 2008.

FERNANDES, C. C. P.; SILVEIRA, S. F. R.; FERREIRA, M. A. M. Avaliação de Resultados e focalização de políticas habitacionais: investigação do programa carta de crédito associativo no município de Cajuri, MG. APGS, Viçosa, MG, v. 2, n. 1, p. 91-109, Jan./Mar. 2010.

FERREIRA, M. A. M.; ABRANTES, L. A.; PEREZ, R. Investigação de grupos estratégicos na indústria de laticínios por meio da abordagem multivariada. Revista de Administração Mackenzie, v. 9, n. 2, 2008.

FERREIRA, M. A. M.; BRAGA, M. J. Desempenho das cooperativas na indústria de laticínios do Brasil: uma abordagem por grupos estratégicos. Revista de Administração da USP, v. 42, n. 3, 2007.

FRIEDMAN, John. Empowerment – Uma política de desenvolvimento alternativo. Oeiras, SP: Celta, 1996.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1992.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO – CENTRO DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÕES. Déficit habitacional municipal no Brasil. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro/Centro de Estatística e Informações, 2013. p. 78.

GOMES, L. O. M. Políticas de desenvolvimento de recursos humanos no Brasil: seus discursos e práticas na Reforma Administrativa do Plano “Brasil Novo”. 1996. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) – Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 1996.

HAIR, J. F.; BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L. Análise multivariada de dados. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

KERLINGER, F. M. Foundations of behavioral research. 2. ed. Nova Iorque: Holt, Rine-hart and Winston, Inc., 1973.

KLINTOWITZ, D. C. Como as políticas habitacionais se inserem nos contextos de reformas do Estado? A experiência recente do Brasil, ano 14, v. 26, n. 3, 2011.

LEROY, R. S. D.; FERREIRA, M. A. M; MOREIRA, N. C.; SILVA, E. A. Mobilidade social e empoderamento: a percepção das mulheres beneficiárias do programa Bolsa Família em Minas Gerais. Revista do Serviço Público, Brasília, v. 62, n. 4, p. 449-465, 2011.

MARICATO, E. Metrópoles, legislação e desigualdade. Estudos Avançados, v. 17, n. 48, p. 151-167, 2003.

MAROCO, J. Análise estatística com utilização do SPSS. 3. ed. Lisboa: Sílabo, 2007.
MARTINS, G. A. Sobre confiabilidade e validade. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 8, n. 20, p. 1-12, 2006.

MINAS GERAIS. Decreto no 44.168, de 6 de dezembro de 2005. Cria o Programa Lares – Habitação Popular – PLHP, no âmbito do Fundo Estadual de Habitação. Minas Gerais Diário do Executivo, p. 3, col. 1, 7 de dezembro de 2005.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (Coord.). Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI) 2007-2023. Belo Horizonte: Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão, 2007.

MOREIRA, S. V.; SILVEIRA, S. F. R.; REIS, F. N. S. C. Programa Minha Casa, Minha Vida: a percepção dos beneficiários como instrumento para avaliação. Revista políticas Públicas & Cidades, v. 2, n. 1, p. 74-95, Jan./Abr. 2015.

NABATCHI, T. Deliberative democracy: the effects of participation on political efficacy. 2007. Thesis (Doctor of Philosophy) – School of Public and Environmental Affairs, Indiana University, 2007.

NAILA, Kabeer. Gender equality and women’s empowerment: a critical analysis of the third millennium development goal 1. Gender & Development, v. 13, n. 1, p. 13-24, 2005. DOI: 10.1080/13552070512331332273. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1080/13552070512331332273>.

OMS – Organização Mundial da Saúde. Glossary of health promotion terms. Geneva: World Health Organization/Division of health. Promotion, Educations and communications/Health Education and Health Promotion Unit,1998.

PESTANA, M. H.; GAGEIRO, J. N. Análise de dados para ciências sociais a complementaridade do SPSS. 5. ed. Lisboa: Sílabo, 2008.

ROMANO, J. O. Empoderamento e direitos no combate a pobreza. Rio de Janeiro: Action Aid, 2002.

SECCHI, Leonardo. Políticas públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. São Paulo: Cengage Learnig, 2010. 136 p.

SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SILVA JUNIOR, S. D.; COSTA, F. J. Mensuração e escalas de verificação: uma análise comparativa das escalas de Likert e phrase completion. PMKT – Revista Brasileira de Pesquisas de Marketing – Opinião e mídia, São Paulo, v. 15, p. 1-16, Out. 2014. Disponível em: <www.revistapmkt.com.br>.

SMITH, K. B.; LARIMER, C. W. The public policy theory primer. [S.l.]: Westview Press, 2009.

SOARES, I. O. et al. Interesses especulativos, atuação do Estado e direito à cidade: o caso do Programa "Minha Casa Minha Vida em Uberaba" (MG). Revista Brasileira de Gestão Urbana, p. 119-131, Jan./Dez. 2013.

ZORZI, Analisa. Uma análise crítica da noção de empoderamento com base no acesso das agricultoras ao PRONAF Mulher em Ijuí-RS. 2008. 137 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

Downloads

Publicado

2017-06-25

Como Citar

Soares, M. M., Ramos Silveira, S. de F., & Ferreira, M. A. M. (2017). Programa lares habitação popular: transformações na vida das mulheres beneficiadas. Oikos: Família E Sociedade Em Debate, 28(1), 105-126. Recuperado de https://periodicos.ufv.br/oikos/article/view/3738

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)